câmara de Pinheiro

Câmara de Pinheiro – Elizeu de Tantan e o Voto de Minerva

Voto de Minerva é uma expressão popular usada na língua portuguesa e significa o voto que decide uma votação...

Voto de Minerva é uma expressão popular usada na língua portuguesa e significa o voto que decide uma votação que se encontrava empatada.

Com a nova formação da Câmara Municipal de Pinheiro depois de três vereadores anunciar a deixa das bases do prefeito Luciano Genésio, aumenta a responsabilidade do vereador, Elizeu de Tanta (PP).

Elizeu é um dos três vereadores eleitos em 2016 nas bases do atual chefe do executivo, foi eleito e reeleito presidente do legislativo pinheirense por unanimidade.

Agora com Elizeu está o “Voto de Minerva”, ou seja, aquele que decide uma votação que está empatada.

Entenda

O legislativo pinheirense é composto por 15 Edis, com a nova formação da casa a partir desta terça-feira (23), o bloco de oposição passa a ser composto por 7 vereadores e a situação por 8. Elizeu de Tanta, um dos 8 vereadores da situação, preside o legislativo e só tem direito a voto no caso de desempate.

As votações na casa devem ser acirradas, o placar de agora em diante será o 7 x 7 e a responsabilidade de aprovar ou desaprovar cairá no colo do presidente Elizeu.

Veja como ficou a formação da Câmara Municipal de Pinheiro.

Bloco de Oposição: Beto de Ribão (PSD), Oziel Menezes (PSD), Guto (PV), Valter Soares (PV), Capadinho (MDB), Riba do Bom Viver (PDT) e Ednildo (PCdoB.

Bloco Situação: Alessandro Montenegro (PP), Elizeu de Tantan (PP), Lucas do Beiradão (PSDB), Rubemar (MDB), Paulinho Enfermeiro (PMN), Albininho (PCdoB), Sandro Lima (PCdoB) e João Moraes (PSB).

Mas quem decide agora é o presidente do legislativo, Elizeu de Tantan.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados