Câmara de Pinheiro realiza 1ª edição do “Dia Municipal do combate ao Diabetes”

Na manhã desta terça-feira (10) a Câmara de Vereadores de Pinheiro, sob a liderança do Presidente Elizeu de Tantan, realizou um evento voltado para os portadores da doença diabetes, o foco do projeto que se origina de uma lei votada e aprovada pelos parlamentares no último dia 6 e junho estabelece como o dia 10 de outubro como o dia municipal do combate ao Diabetes.

O objetivo principal desse ato é estimular o diálogo sobre o diabetes entre as pessoas e, com isso, disseminar conhecimento, bem como promover ações de prevenção e controle da doença, como essa realizada hoje.

A Sra. Antônia esposa do saudoso Domingos Jesuíta Furtado (Tantan) participou do evento

O evento que ocorreu na Praça do Centenário e contou com a parceria fundamental da Prefeitura de Pinheiro, disponibilizou para os participantes vários serviços como: Medição de Pressão Arterial, Glicemia, Peso, Imunização, Transcrição de receitas, Palestras, Dinâmica e Sorteio de Brindes, além de todo o papel social que o evento representou.

O projeto tem motivação pessoal para o autor, pois era uma bandeira que o seu pai, ex-vereador Domingos Jesuíta Furtado (Tantan) defendia na câmara e na vida, e uma de suas ações como vereador era a aprovação dessa matéria, fato que não veio a acorrer em virtude do seu falecimento.

Para o site da Câmara o Vereador declarou: “Esse projeto tem um sentimento especial para mim, trata-se de um projeto que era um sonho de meu pai, infelizmente não houve tempo para realizar, mas sei que hoje ele está feliz por ter dado conotação jurídica ao projeto que institui um dia para o combate dessa doença tão perversa que diminui a qualidade de vida das pessoas e leva até a morte, este é apenas o primeiro ano, a primeira edição, vamos dar todo o suporte para a continuidade, afinal de contas é lei” concluiu Elizeu de Tantan.

O grande vilão para o surgimento do Diabetes é o consume excessivo do açúcar, Segundo o Ministério da Saúde: um em cada cinco brasileiros consome doces em excesso. O índice é maior entre jovens: 28,5% da população de 18 a 24 anos ingere açúcar regularmente acima do recomendado.  Na mesma faixa etária, 30% têm o hábito de tomar sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, cinco vezes na semana.  O estudo também revela que a quantidade de pessoas com a doença no Brasil aumentou. Pulou de 5,5% da população  para 7,4%.

O diabetes é uma doença extremamente perigosa e que afeta jovens e adultos, os órgãos de saúde levantam atenção especial aos idosos. O metabolismo das pessoas idosas pode apresentar comprometimento de funções nos rins e em outros órgãos, o que altera a absorção dos medicamentos e da insulina no organismo, e pode contribuir para um risco aumentado de hipoglicemia. Alguns dos sintomas leves que caracterizam o quadro de hipoglicemia são: sudorese, tremores, agitação, sensação de fome, de fraqueza. Mas crises hipoglicêmicas mais graves podem ser marcadas por confusão mental, turvação da vista, convulsão e, até mesmo desmaios.

Comente