negócios

Empresário aumenta vendas e projeta novos negócios em Pinheiro

Filho de família goiana e natural da cidade de Morrinhos, na região sul do estado do Goiás, o hoje...

O empresário Wellerson Batista, o Goiano, exibe orgulhoso a fachada do seu restaurante

Filho de família goiana e natural da cidade de Morrinhos, na região sul do estado do Goiás, o hoje empresário Wellerson Batista, aprendeu desde cedo como funcionava um pequeno restaurante especializado nos populares churrasquinhos. A família de Goiano, como acabou ficando conhecido quando se mudou para a cidade de Pinheiro, na região da Baixada Maranhense, teve durante muito tempo uma pequena empresa neste segmento do ramo de alimentação.

Goiano começou a trabalhar bem cedo ajudando a família no negócio e ao completar 17 anos decidiu se mudar para os Estados Unidos, onde morou por sete anos e com a crise que atingiu o país em meados de 2008 ele teve que retornar ao Brasil. Viajando a trabalho para a cidade de Turiaçu, na região do litoral ocidental maranhense, decidiu fixar residência no Maranhão, mudando-se posteriormente para cidade de Pinheiro, onde atua há cerca de dois anos no mercado de alimentação, onde a especialidade não poderia ser outra que não os tão familiares churrasquinhos.

Em 2018, a decisão inicial para impulsionar seu negócio foi torná-lo legal e para isso formalizou-se como Microempreendedor Individual (MEI). Atualmente Goiano é proprietário de dois pequenos restaurantes.

Com uma comercialização girando em torno de 500 espetinhos vendidos ao dia, viu o seu negócio crescer e no início de 2019 mudou de categoria, tornando-se uma micro empresa.

Goiano garante que o sabor do seu produto é o melhor da região

“A aproximação com o Sebrae aconteceu em 2018, quando o empresário procurou a instituição em Pinheiro, em busca de apoio na consolidação e ampliação do seu negócio. Ele precisava de mais orientação para que sua empresa pudesse crescer de maneira sustentável e a primeira medida foi tornar-se MEI. Depois do negócio estruturado, esse ano, o Churrasquinho do Goiano passou a integrar o programa Comércio Brasil e o empresário participou de diversas capacitações promovidas pelo Sebrae”, conta a gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes.

Mas ele não parou por aí, empreendedor nato, Wellerson já vislumbra um novo negócio ligado a alimentação e para isso solicitou um diagnóstico da ferramenta SebraeTec, voltada para soluções tecnológicas. A ideia é de que ainda em 2019 nasça o “Empório Goiano”, uma casa especializada em espetinhos e utensílios para churrasco, produzidos e comercializados de uma maneira inovadora. O segredo desse negócio, Goiano promete contar em breve.

“Eu aprendi com o Sebrae que a inovação é crucial para qualquer negócio. Hoje temos um público consolidado em nossos restaurantes e observando nossos clientes, percebi que eles buscavam determinados tipos de produtos que não são oferecidos na região e esse será o carro chefe do nosso próximo negócio. Poder oferecer aos nossos clientes todo o sabor dos nossos espetinhos de uma maneira prática e que eles poderão levar pra casa e consumir quando quiser”, afirmou Wellerson.

SEMANA DO MEI

O Sebrae no Maranhão realizará, no período de 20 a 24 de maio, a 11ª Semana Nacional do Microempreendedor Individual (MEI) e 6ª Semana Nacional de Educação Financeira, ofertando 375 ações dentre cursos, oficinas, consultorias, seminários, rodadas de negócios e muita informação para quem é cadastrado nessa pessoa jurídica, ou para quem pensa em abrir seu pequeno negócio.

A programação acontecerá de forma presencial em 71 cidades maranhenses, e também contará com lives nas redes sociais do Sebrae Maranhão. O objetivo da instituição é capacitar e orientar microempreendedores individuais em gestão, inovação, empreendedorismo e finanças, além de dar oportunidade para MEIs que já estão se destacando em seus mercados inspirarem aqueles que estão iniciando no empreendedorismo.

Para isso, a instituição terá programação em 75 pontos de atendimento na capital e no interior. Este volume de ações programadas supera o que foi realizado em 2017, quando as ações alcançaram 37 municípios, e de 2018, quando o evento foi realizado presencialmente em 54 cidades maranhenses.

Além de capacitação, o Sebrae também orientará essa pessoa jurídica a fazer mais com menos em tempos de crise. Este ano, estão programadas oficinas, palestras, cursos, seminários e ações de atendimento, com consultoria e orientação para o MEI. Entre os destaques da programação de conhecimento estão as oficinas de gastronomia.

Nas regiões da Baixada e do Litoral Ocidental Maranhense, as ações serão realizadas nas cidades de Pinheiro, Mirinzal, Alcântara, Bequimão, Santa Helena, São Bento e Central do Maranhão. A instituição oferecerá uma vasta programação para os microempreendedores individuais que inclui desde capacitações nas áreas de gestão, finanças e planejamento, até ações nas áreas de gastronomia, atendimento e vendas.

MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) é quem trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Desde que essa figura jurídica foi criada (pela Lei Complementar 128/2008), já soma mais de 8 milhões no Brasil e 97.453 no Maranhão.

Para ser um MEI é necessário faturar até R$ 81.000,00 por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular; também pode ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria e tenha carteira assinada.

PROGRAMAÇÃO

Para conhecer a programação prevista para sua cidade acesse hotsite da Semana do MEI (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/semanadomei2019/inicio) ou ligue para 0800 570 0800.

As inscrições para participar da programação de palestras e oficinas estão disponíveis na Loja Virtual do Sebrae (https://loja.ma.sebrae.com.br) e também na unidade regional do Sebrae em Pinheiro e Salas do Empreendedor que recebem a programação. Informações: (98) 9 3381-2711/3843.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados