Zé Martins participa de reunião com prefeitos do Consórcio Conguarás na cidade de Pinheiro

Um encontro realizado pelo Consórcio Intermunicipal da Região da Baixada Ocidental e Floresta dos Guarás (Conguarás), Sebrae Maranhão, Confederação Nacional de Municípios (CNM) e Famem, na cidade de  Pinheiro, reuniu nesta quinta-feira (19), prefeitos que fazem parte do consórcio para debater convênios que possam melhorar a gestão dos os municípios, possibilitando a realização de obras de infraestrutura, além de garantir a geração de emprego e renda.

Um dos melhores gestores da Região do Litoral Ocidental Maranhense, o prefeito Zé Martins participou do encontro acompanhado dos vereadores Professor Zeca (PRB), Amarildo Paixão (PSD) e Jorge Filho (PP), dos secretários Zé Orlando Ferreira (Administração e Transporte), Sidney Bouéres (Saúde), Josmael Castro (Assistência Social), Ademar Costa (Indústria e Comércio) e Tonho Martins (Infraestrutura), além dos assessores Rogério Lopes, Johny Paixão, Denilson Martins e o coordenador da Sala do Empreendedor, Rodrigo Martins.

O Conguarás reúne dez municípios maranhenses e na oportunidade do encontro participaram representantes do governo, como os secretários de Ednaldo Neves (Comunicação e Articulação Política), Júlio Cesar (Agricultura Familiar) e o deputado federal Weverton Rocha (PDT), além do ex-vice prefeito de São Bento, Isaac Dias Filho e Iran Monteiro (ex-prefeito de Central do Maranhão).

Além do prefeito de Bequimão, Zé Martins, estiveram presentes Geraldo Amorim (Peri-Mirim), Professora Rosinha (Cururupu), Tatyana Mendes (Porto Rico), Cláudio Cunha (Apicum-Açu), Valéria Castro (Presidente Sarney), representando a Famem, Ismael Monteiro (Central do Maranhão), Osvaldo Gomes (prefeito em exercício de Guimarães), Jadilson Coelho (Mirinzal), Jadson Passinho (Cedral), Stélio Castro Cordeiro (vice-prefeito de Pinheiro), além do presidente da CNM, Alex Carneiro, a gerente regional do Sebrae, Graça Fernandes, representando o Superintendente do Sebrae, João Martins, e outras lideranças políticas da baixada e litoral maranhense.

O encontro tinha o objetivo de debater sobre Apoio Financeiro ao Municípios (AFM), Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Licitações, Creche, Improbidade,  Lei Kandir (lei complementar brasileira nº 87 que entrou em vigor em 13 de setembro de 1996 no Brasil, e que dispõe sobre o imposto dos estados e do Distrito Federal, nas operações relativas à circulação de mercadorias e serviços (ICMS). A lei Kandir isenta do tributo ICMS os produtos e serviços destinados à exportação), Programa Federativo, entro outros temas.

Em Mirinzal, prefeito Jadilson Coelho investe na construção de novas escolas

A prefeitura de Mirinzal, avança na construção de novas escolas. Ação essa que  é fruto da prioridade que a atual administração da cidade concede à área, com o objetivo de promover a constante melhoria da qualidade de vida da população. Atualmente, estão em andamento as construções de três novos Colégios Municipais nos povoados de Maxixe, Santiago, Porto do Nascimento e no bairro do Tungo.

Essa transformação começou em Janeiro de 2017, quando o atual Prefeito  assumiu a administração da cidade, revertendo o quadro de altos índices de evasão escolar e faltas de unidades educacionais para suprir a demanda, cada vez mais crescente do município.

“A educação sempre será uma prioridade da política desenvolvida em Mirinzal na nossa gestão, pois somente por meio de investimentos na área é possível garantir um futuro promissor às nossas crianças e jovens”, ressalta o Prefeito, Jadilson Coelho.

Vistorias técnicas acontecem, com o objetivo de fiscalizar a execução das obras e acompanhar o cumprimento do cronograma estabelecido pela Prefeitura, garantiu o prefeito. Veja abaixo o informe da prefeitura de Mirinzal.

Zé Inácio repudia palestra que desmoraliza os missionários Irmã Dorothy e Padre Josimo Tavares

O Deputado Estadual Zé Inácio em seu discurso, hoje 19/04, na Assembleia Legislativa repudiou e denunciou a divulgação de um ato fascista travestido de palestra “Os Falsos Mártires da Teologia da Libertação”, com o intuito de desmoralizar a memória dos missionários: irmã Dorothy, assassinada em 1995 no Pará, e do Padre Josimo Tavares, assassinado em 1986, em Imperatriz.

Os dois missionários cristãos foram bravos defensores que lutavam em favor dos oprimidos e contra a oligarquia latifundiária estabelecida nos Estados do Pará e do Maranhão, mas foram brutalmente assassinados. O parlamentar ainda falou da quantidade de terras da União griladas em mãos de latifundiários no Estado do Pará e Maranhão. “Essa luta vem de muitos anos e é acirrada desde a década de 80, e continua vitimando muitos trabalhadores e muitas lideranças”, disse Zé Inácio.

O Deputado ainda disse que é necessário que o parlamento maranhense repudie essas manifestações. “Temos o direito a livre manifestação do pensamento, no entanto a Constituição Federal não admite atos de terrorismo, fascistas, que é o que essas pessoas estão promovendo com essas pseudo-palestras. Então isso é o acirramento do ódio que está estabelecido hoje na sociedade brasileira e que nós temos que repudiar com veemência”, protestou.

Presidente da Câmara dos Deputados visita Flávio Dino e diz que Maranhão “demonstra muita competência”

O governador Flávio Dino recebeu nesta sexta-feira (20) a visita do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, no Palácio dos Leões. O encontro também reuniu secretários de Estado, representantes das bancadas federal e estadual e líderes políticos.

Entre os temas tratados, estiveram o cenário político nacional e ações de gestão para estimular a retomada da economia.

Segundo o presidente da Câmara, o Maranhão vem se destacando mesmo com o cenário nacional adverso: “Numa crise econômica que o Brasil vem vivendo desde 2015 – em que a economia caiu 8%, a maior queda da economia da nossa história recente, e em que a arrecadação de todos os entes federados caiu muito –, ter um Estado que está com suas contas equilibradas, pagando seus servidores e continuando investindo é uma demonstração de muita competência”, afirmou Rodrigo Maia.

Governador recebe presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

“Quando tem uma crise de arrecadação dessa, você não pode reduzir salário e nem demitir, então você é obrigado a trabalhar com a mesma despesa e com uma receita muito menor”, acrescentou.

“Então você estar com seu governo funcionando é uma grande demonstração de competência e de capacidade administrativa do governador Flávio Dino”, disse o presidente da Câmara.

Diálogo aberto

O governador ressaltou os esforços feitos por Rodrigo Maia à frente da Câmara. “Quero registrar meu agradecimento ao apoio administrativo que o presidente tem dado todas as vezes que nosso Governo tem demandando medidas da Câmara, por intermédio da nossa bancada federal, assim como também em relação ao Poder Executivo. Temos tido no presidente Maia um interlocutor sempre aberto a acolher aquilo que temos encaminhado”, disse Flávio Dino.

O governador acrescentou que conhece o parlamentar há muitos anos. Ambos foram contemporâneos de Parlamento, quando Flávio era deputado federal, entre 2007 e 2010.

“Fomos parlamentares juntos e, por isso mesmo, nesta mais de uma década de convivência, sei de seus atributos pessoais, concernentes sobretudo ao respeito às várias posições políticas, ao bom diálogo, a acreditar na política como solução das controvérsias”, afirmou o governador.

Rodrigo Maia disse ter ficado “muito feliz de estar aqui podendo sempre ajudar não só o Maranhão, mas todos os Estados. O meu papel como presidente da Câmara é poder ajudar que todos os Estados e municípios tenham melhores condições de atender a população”.

Governo dialoga com população de Bacurituba na Baixada Maranhense sobre combate a cercas instaladas ilegalmente

Foram debatidas soluções em relação a cercas instaladas ilegalmente nos campos inundados, criação de búfalos e pesca predatória na região.

Secretário Adjunto, Jonata Galvão, esclarece dúvidas sobre Operação Baixada Livre

Representantes da Secretaria Adjunta dos Direitos Humanos, vinculada à Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) e Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), participou de uma audiência pública no município de Bacurituba na quinta-feira (19). O objetivo foi informar e debater soluções em relação a cercas instaladas ilegalmente nos campos inundados, criação de búfalos e pesca predatória naquela região.

Durante a audiência, os moradores do município e adjacências puderam expor os casos, buscando alternativas para as demandas junto ao Governo do Estado. Em conversa com a população, o secretário adjunto de Direitos Humanos da Sedihpop, Jonata Galvão, esclareceu a legislação que envolve os campos inundados da Baixada Maranhense e também deu orientações sobre o que pode ou não ser feito nos campos pelas pessoas que dele se utilizam para fins de trabalho, lazer ou transporte.

Na ocasião, Jonata Galvão apresentou relatório das ações realizadas em 2017 e 2018 pela Operação Baixada Livre nos municípios de Anajatuba e Matinha, apontando dados e mostrando os registros fotográficos.

“Colocar cercas e criar búfalos de forma extensiva em campos inundados é ilegal. O Governo do Estado está a favor da população e vai continuar com a Operação Baixada Livre, inclusive em Bacurituba, até que os campos inundáveis da Baixada Maranhense fiquem totalmente livres de cercas”, frisou o secretário adjunto. Ele acrescentou que o Governo do Estado já tem o planejamento de ações de fiscalização em todos os municípios que abrangem a Baixada Maranhense e com o mesmo objetivo: o de deixar a Baixada livre.

População de Bacurituba faz demandas ao Governo do Estado

Para a presidente do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bacurituba (STTR), Maria José Luso, a audiência pública trouxe mais informações e a certeza de que a situação não ficará sem resolução. “Agora estamos mais munidos de informações sobre o que a lei traz, daqui pra frente é nos unirmos para buscar a ajuda do Governo do Estado para que os nossos campos inundados sejam utilizados da maneira correta e por todos”, disse esperançosa.

Durante a audiência pública, os representantes da gestão estadual frisaram a importância da conscientização da população como um todo, tanto sobre as questões que regem os campos inundados como também sobre as questões ambientais, e passaram orientações por meio de palestras informativas. Outras questões que envolvem os campos, incluindo as questões ambientais e as de produção agrícola, foram esclarecidas pelos representantes da SEMA e SAF, respectivamente.

Além da população, estiveram presentes o secretário Adjunto dos Direitos Humanos, Jonata Galvão; o superintendente de Fiscalização da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Fábio Sousa; o representante da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar, José de Mesquita; o prefeito de Bacurituba, José Sisto; o presidente da Câmara de Vereadores, Genivaldo de Jesus Luzo; o promotor de Justiça, Celso Coutinho; e o sargento Fonseca, representante do 10º Batalhão de Polícia Militar.

O discurso do Dr. Joel Júnior na cerimônia de criação do Diretório do PMN em Pinheiro

Toca Serra manifesta apoio a pré-candidatura de Eliziane Gama ao Senado Federal

O pré-candidato a deputado estadual Toca Serra (PEN), segue dialogando e firmando alianças em todo estado do Maranhão. Nesta sexta-feira (20), Toca teve um importante encontro com a deputada federal e pré-candidata ao senado federal, Eliziane Gama.

Durante o encontro, a deputada federal falou de sua atuação em prol dos municípios manaranheses, e de mais um desafio que irá enfrentar em sua vida política. Eliziane foi oficializada nesta quinta-feira (19) como pré-candidata ao senado federal na chapa do Governador Flávio Dino.

O pré-candidato a deputado estadual, Toca Serra, que esteve acompanhado do ex-prefeito da cidade de Pedro do Rosário, Irlan Serra e do prefeito da cidade de Turilândia, Alberto Magno, manifestou apoio a candidatura de Eliziane ao senado federal.

Segundo Toca, a deputada Eliziane vem mostrando sua competência e atuação em prol dos maranhenses desde que ingressou na vida pública e exerceu o mandato de deputada estadual. “Eleita deputada Federal, Eliziane vem contribuindo para desenvolvimento do Maranhão, e preenche todos os requisitos para ocupar uma das duas vagas nas eleições deste ano”, afirmou Toca.

Deputado Cabo Campos reuniu-se com remanescentes e os inaptos do concurso da Polícia Militar (PM) de 2017

A Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa reuniu-se, no último dia 12, no auditório do Plenarinho, com os remanescentes e os inaptos do concurso da Polícia Militar (PM) de 2017. O presidente da Comissão, deputado Cabo Campos (DEM), conduziu o encontro, no qual um advogado falou da ação jurídica e os candidatos relataram problemas.

Cabo Campos disse que solicitará audiência com a promotora responsável pelo caso. “Não vou prometer vitória, mas vamos lutar até o fim. Seremos vitoriosos. Um ajudando o outro”, garantiu o deputado.

A frase “A sociedade maranhense clama por mais segurança e nós somos a solução! Aprovados PM 17/18” foi colocada para recepcionar os candidatos. Naiara Reis, por exemplo, contou que foi desclassificada porque os avaliadores não souberam aplicar corretamente os exercícios exigidos. Ela defendeu que haja nova avaliação e que a banca examinadora mostre os vídeos e fotos feitos durante os exames.

Outro candidato, Vitor Martins, defendeu que o Governo do Estado amplie o número de vagas para os candidatos classificados, dobrando dos 4,5 mil aceitos, para cerca de 8 mil, para facilitar futuras convocações.

O advogado Augusto Rabelo, que foi bombeiro militar, falou sobre o pedido para que o Ministério Público analise os vídeos e fotos mostrando que examinadores não habilitados fizeram a aplicação dos exercícios físicos e anularam indevidamente os candidatos.

Ele frisou que os candidatos não querem suspender o concurso e explicou que tem ação individual pode ser beneficiado com a abertura do procedimento no Ministério Público.

Vídeo mostra momento que assaltantes adentram agência dos correios de Mirinzal

O blog do Vandoval Rodrigues, recebeu com exclusividade um vídeo do momento que assaltantes entram na Agência dos Correios da cidade de Mirinzal na tarde desta sexta-feira (20).

O vídeo mostra um homem de boné e óculos escuro, entrando na agência e seguindo em direção ao caixa. Logo em seguida, o homem saca uma arma e aponta para o segurança da agência.

Um comparsa que estava na parte de fora, entra na agência e vai direto para o caixa, enquanto o assaltante que estava com arma em punho senta em uma cadeira para aguardar o comparsa concluir a ação criminosa.

O blog não teve informações se a dupla levou alguma quantia em dinheiro. O Vídeo foi enviado a Policia para possível reconhecimento dos criminosos.

Colaboração: Blog do Neto Weba

Em reunião do ConGuarás, Isaac Dias Filho pede que Governo faça convênio com municípios

Em reunião realizada em Pinheiro do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional da Baixada Ocidental Floresta do Guarás (Conguarás), o advogado Isaac Dias Filho (MDB), falou da importância do Governo do Estado realizar convênio com os municípios, possibilitando a realização de obras de infraestrutura, além de garantir a geração de emprego e renda. Na oportunidade, o pré-candidato a deputado estadual ainda falou do pacto federativo, que é necessário melhorar os repasses as Prefeituras.

O ConGuarás reúne dez municípios maranhenses e na oportunidade do encontro participaram representantes do governo, como o secretário Ednaldo Neves e o deputado federal Weverton Rocha (PDT). Porém, Isaac Dias Filho que já foi vice-prefeito de São Bento, também fez questão de fazer uma fala em defesa do municipalismo.

Isaac Dias Filho é pré-candidato a deputado estadual e tem forte influência na Baixada Maranhense, além de ser um legítimo representante da região que carece de presença na Assembleia Legislativa do Maranhão.

No registro Isaac Dias Filho ao centro aparece com o prefeito Zé Martins prefeito de Bequimão, prefeito de Peri-Mirim Dr. Geraldo e com o prefeito de Apicum Açu Cláudio Cunha, que também é presidente do ConGuarás.

Diego Emir