Logo
  • A Polícia Civil do Maranhão prendeu 27 pessoas suspeitas de integrar a quadrilha que tentou fraudar o concurso da Segurança Pública do Maranhão

    A Polícia Civil do Maranhão prendeu 27 pessoas
    suspeitas de integrar a quadrilha que tentou fraudar o concurso da Segurança
    Pública do Maranhão, que foi realizado nesse fim de semana. A polícia estava
    monitorando o grupo e conseguiu prender os suspeitos antes da realização das
    provas, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado. As
    prisões foram realizadas na capital e, principalmente, no interior. Um dos
    líderes da quadrilha foi preso em Caxias.
    O esquema de fraude funcionaria da seguinte forma:
    duas pessoas estavam capacitadas para responder as provas e, após preencherem o
    gabarito, deveriam fotografar as respostas e repassar os arquivos, via celular,
    para os candidatos que seriam beneficiados. As pessoas que forneceriam as fotos
    iriam receber R$ 15 mil, cada uma, pela fraude.
    O secretário de Segurança Pública do Maranhão,
    Aluísio Mendes, afirmou que a polícia agiu com rapidez e que a tentativa de
    fraude não atrapalhou a realização das provas. Uma coletiva de imprensa está marcada
    para às 15h, na Secretaria de Segurança, onde a quadrilha deve ser apresentada
    e onde outros detalhes das prisões serão divulgados.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!