Logo
  • Albininho quebra o Silêncio e rebate Acusações

    Depois do furdunço criado
    em torno do nome do suplente de vereador Albininho, e das declarações feitas
    pelos vereadores Leonardo Sá, Elizeu de Tantan e Nezio, albininho quebrou o
    silêncio e resolveu se pronunciar sobre o caso.
    Ida
    de albininho para a câmara. 
    Disse que nunca existiu
    negociata entre ele e o Vereador Leonardo Sá, para que o referido Vereador
    pedisse afastamento do Legislativo e que o mesmo assumisse em seu lugar. Conta
    Albininho que a sua convocação foi feita pelo Legislativo em naturalidade do
    afastamento do colega, “quem convoca o suplente é a Câmara e não vereador
    afirmou”. 
    Albininho disse ainda que
    a única conversa com Leonardo, foi apenas uma conversa amigável onde Leonardo
    disse a ele que se licenciaria do Legislativo para tratar de assuntos pessoais,
    sem a confirmação da específica data, afirmou Abininho que soube do afastamento
    do vereador depois da convocação feita pelo Legislativo para assumir em seu
    lugar, comunicado esse que aconteceu na tarde do mesmo dia do afastamento do Vereador,
    já para se apresentar na manhã do dia seguinte. 
    Projetos
    votados por albininho.
    Em relação aos projetos
    aprovados pelo legislativo, onde albininho foi favorável, disse o Suplente, que
    é a 4ª vez que assume parlamento, e que conhece os tramites da casa, e sempre
    esteve preparado, e votou em acordo com a sua ética parlamentar, onde busca
    aprovar o que vem em benefício à população de Pinheiro.
    A reforma Administrativa
    do Município aprovada com seu voto, não beneficia o prefeito como alegou seus
    colegas, mas serve para organização da estrutura governista municipal, além de
    criar setores que ira gerar emprego e renda para a Cidade. Visando o bem estar
    dos mais carentes e buscando agilidade na construção de 2.000 casas
    habitacional votou também na isenção de impostos a empresa que irá executar a
    obra no Município. 
    Reunião
    a portas fechadas com Leonardo, Nezio e Elizeu.
    Conta albinho que tal
    convocação e sabatina por parte dos vereadores com ele nunca existiu, teve sim
    um “encontro”, onde o vereador Leonardo questionou o porquê do seu
    posicionamento em favor da aprovação da Reforma Administrativa do Município.
    Afirma Albininho que foi categórico e disse a Leonardo que votou em beneficio
    da População de Pinheiro, e que manteria a sua postura ética como parlamentar
    aprovando o que fosse de interesse da sociedade Pinheirenes. 
    Em
    relação ao pronunciamento do vereador Elizeu.
    Disse Albininho, que não
    mantém bons relacionamentos com o parlamentar, e que falta ética ao vereador,
    principalmente quando se pronúncia em veículos de Comunicação, ofendendo
    pessoas com palavras de baixo escalão. Albininho disse que não deve satisfação
    nenhuma e Elizeu, e que seu posicionamento na câmara independe de lado
    político, e não obedece a determinações de quem quer que seja, e que o
    parlamento tem que ser voltado para o bem estar de toda a sociedade de
    Pinheiro.
    Aprovação
    de projetos em troca de empregos.
    Afirma albininho, que
    nunca manteve diálogo algum, com o Prefeito Filuca, e que hoje vive de sua
    independência financeira, e que nunca barganhou apadrinhamento em favor de
    parentes ou cabos eleitorais.
    Posicionamento
    Político.
    Afirma Albininho, que nas
    existe aliança nenhuma, com a base governista, e que se mantém oposição, tanto
    que concorreu a eleição pelo partido oposicionista, (PSB), o qual permanece, e
    que seu ponto de vista em relação a aprovação de Projetos, que visaram
    beneficiar a sociedade de Pinheiro, e principalmente os mais carentes, e se
    voltar ao parlamento, manterá a mesma postura.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!