Logo
  • Após rebelião doze presos fogem da Delegacia Regional de Viana nesta madrugada

    Os
    presos conseguiram fugir durante a madrugada deste domingo (4) após a rebelião
    na Delegacia Regional de Viana.
    De acordo com informações do Major Ferreira da 13°
    Companhia Independente, os presos estavam no gaiolão após o motim que começou
    por volta das 16h do sábado (3). Os detentos se revoltaram porque estavam há
    quatro dias sem água para as necessidades básicas.
    O preso identificado como Márcio Paulo Araújo “Skol”
    comandou o motim. Ele é suspeito de ter cometido quatro homícidios, um deles em
    São Luís e de ter assassinado um moto-taxista em Viana há cerca de quinze dias,
    na última semana ele realizou vários assaltos na cidade. Durante a rebelião
    Skol pedia água e celulares e manteve um companheiro de cela refém.
    A população e moto-taxistas tentaram invadir a delegacia
    para linchar Márcio Paulo Araújo, mas foram impedidos pela polícia.
    Policiais da 13° Companhia Independente conseguiram
    controlar a rebelião que só terminou por volta das 19h.
    Na delegacia havia cerca de 60 presos divididos em quatro
    celas, apenas um policial civil estava no local no momento da revolta dos
    detentos.
    Na manhã deste domingo (4) as celas da Delegacia Regional
    de Viana já estavam passando por manutenção e os presos no banho de sol. A
    busca pelos foragidos já iniciou e conta com o reforço de policiais de cidades
    próximas a Viana. (Com informações do Imparcial).
    do blog do Neto Ferreira.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!