Logo
  • Assentados da Baixada Ocidental Maranhense participam de reunião com Incra e Fetaema

    Trabalhadores
    rurais assentados da região da Baixada Ocidental Maranhense reuniram-se nos
    dias 20 e 21 de fevereiro com o superintendente regional do INCRA/MA e com
    representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado do
    Maranhão (Fetaema), nos municípios de Pedro do Rosário e Palmeirândia,
    respectivamente.
     No clube
    Ouro Verde, em Pedro do Rosário, cerca de 200 assentados participaram da
    reunião que contou com a presença de representantes dos municípios de Pinheiro; Zé Doca; Santa Helena;Vitória do Mearim;Viana;
    Cajari; Arari; Presidente Sarney e Matinha.
     Várias
    demandas foram apresentadas à equipe do Incra que estava presente. Os
    assentados solicitaram que os serviços de assistência técnica e extensão rural
    do órgão fossem estendidos para os assentamentos da Baixada. Reivindicaram
    ainda a construção de poços artesianos para solucionar o problema da carência
    de água nos assentamentos. Os assentados denunciaram casos de vendas de lotes e
    solicitaram recuperação de estradas vicinais, além da construção e reformas de
    casas.
    Rosângela Alves,
    presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pedro do Rosário, considerou
    muito importante a reunião, por se tratar de um momento em que os trabalhadores
    puderam expressar suas reivindicações diretamente para o superintendente do
    Incra/MA. “Esperamos que resultados concretos sejam alcançados após estes
    debates”, disse.
     Já o
    superintendente regional do Incra/MA, José Inácio Rodrigues, ressaltou que a
    participação na reunião demonstra o compromisso dele com os trabalhadores.
    “Muitos assentados vão até a Sede da Superintendência e nem sempre conseguem
    falar comigo. Vimos aqui para ouvi-los e buscar soluções para as demandas
    apresentadas”, explicou.
    Palmeirândia
    A agrovila do
    projeto de assentamento Dibom I foi o local escolhido para a reunião com os
    trabalhadores de Palmeirândia. Lá, além da equipe do INCRA/MA e da Fetaema,
    estiveram presentes o prefeito de Palmeirândia e representantes do Banco do
    Nordeste.
     Aproximadamente
    80 assentados participaram da reunião em que foram discutidos questões de
    infraestrutura para o PA Dibom I e II; licenciamento ambiental; plano de
    desenvolvimento de assentamento (PDA) e negociação das dívidas do Pronaf.
    Para Elizabeto
    Pinheiro, secretário de Política Agrária do Sindicato de Palmeirândia, a grande
    vontade dos assentados do Dibom I e II é superar as dificuldades existentes e
    tornar o assentamento um pólo de produção. “Acredito que daqui pra frente a
    união do Incra, Poder Executivo e Banco do Nordeste vai trazer melhorias para
    nós”, destacou.
    Ao final das
    reuniões ficaram agendadas duas audiências na capital São Luís para verificar o
    que será atendido de imediato ou executado a médio prazo. No dia 16 de abril, a
    reunião será com representantes de Pedro do Rosário, enquanto que no dia 17 de
    abril, com os representantes de Palmeirândia.
    Fonte: www.incra.gov.br

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!