Logo
  • Bandido de alta periculosidade é preso em Turiaçu

    Wallaf é homicida e assaltante, sendo foragido da Justiça do Pará, onde responde por vários crimes, dentre eles um latrocínio contra um empresário, pelo qual chegou a ser condenado a mais de vinte anos de prisão. Após fugir do Presídio Americano em Belém, Wallaf homiziou-se em regiões limítrofes de difícil acesso para Polícia, como Mutum, Carará, São Benedito e Sete Voltas, além de Barão de Tromay e sede de Cândido Mendes e o povoados de Janaúba, em Turiaçu, sua cidade natal.

    Nesse período, Walaff realizou um inúmeras ações criminosas dentre roubos e furtos de veículos, sendo a maioria motos nas estradas de Porto Santo, Colônia Amélia  e Alto da Alegria. Allaf se destaca pela forma ousada e violenta como aborda suas vítimas, sempre agredidas fisicamente com coronhadas. Na sua última ação criminosa comandou dois roubos de moto ocorridos de uma só vez, em diferentes localidades pelo mesmo bando. Na ocasião foram subtraídas uma moto Pop na estrada da Nova Correia, e uma Moto CG 150 no povoado Serra dos Paz. Dentre os quatro indivíduos que estavam em duas motos, inclusive uma mulher.

    Na oportunidade, a Polícia ainda se deslocou para vários povoados com a finalidade de localizar e prender os acusados, que ao passarem pelo povoado de Monte Alegre (Itacurubão), foram identificados e presos por populares e por um funcionário da Delegacia de Cândido Mendes.

    Wallaf e outros dois indivíduos escaparam do cerco da Polícia, que nunca deixou de priorizar a prisão desse elemento nocivo à sociedade.

    Todos os agradecimentos ao Destacamento de Policia Militar de Cândido Mendes e Delegacia de Polícia de Cândido Mendes, bem como os efetivos policiais de Luís Domingues e Godofredo Viana, no levantamento da localização deste facínora, preso hoje pela manhã.

    No comportamento auspicioso de sempre Walaf – apontado como autor dos últimos assaltos ocorridos na estrada de Porto Santo (dois caminhões de carga), planejava um assalto contra uma D.20 que fazia linha para Barão de Tromay lotada de passageiros, dentre mulheres, idosos e crianças.

    No momento de sua prisão Walaf reagiu, sendo baleado na perna. Com ele foi encontrado um revólver calibre .38

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!