Logo
  • BNDES aprovou R$ 1 bilhão para o Maranhão investir em saúde, segurança, educação

    O
    Programa Viva Maranhão, que será executado pelo Governo do Estado, já tem
    recursos garantidos. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
    (BNDES) aprovou o valor de R$ 1 bilhão para o Maranhão investir em áreas
    estratégicas e estruturantes, tais como saúde, segurança, educação e
    infraestrutura.

    O recurso aprovado pelo BNDES para o Maranhão é oriundo do Programa de Apoio ao
    Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste), e é resultado de
    encontro realizado em março deste ano entre a governadora Roseana Sarney e o
    presidente do banco, Luciano Coutinho, no Palácio dos Leões. No evento, que
    também reuniu empresários, o governo apresentou um conjunto de projetos no
    valor de R$ 2,3 bilhões que poderiam ser apoiados pelo BNDES.

    “A aprovação desses recursos para o Maranhão, viabilizará a execução de
    projetos estruturantes que visam melhorar a qualidade de vida da nossa
    população. Iremos investir em segurança, pública, saúde e saneamento,
    infraestrutura, gestão pública e combate à pobreza”, declarou a
    governadora Roseana Sarney.

    Com os recursos assegurados, o Governo do Estado poderá investir na construção
    de cinco hospitais regionais, como também, em projetos de saneamento básico, ou
    seja, ampliação e melhoria de sistemas de abastecimento de água em 81
    municípios maranhenses.

    O Programa Viva Maranhão também prevê investimentos na área de segurança,
    abrangendo projetos de vigilância eletrônica para São Luís e Imperatriz;
    reequipamento da frota das policias civil e militar e do Corpo de Bombeiros;
    além de construção de estabelecimentos penais, incluindo presídio de segurança
    máxima.

    Os recursos também poderão ser aplicados em obras viárias estruturantes na
    Grande São Luís, como a Avenida Metropolitana e vias auxiliares e a construção
    da Ponte Quarto Centenário. Pavimentação e acessos rodoviários em todos os
    municípios também serão contemplados.

    O combate à pobreza extrema é uma das prioridades do Governo do Estado. Os
    recursos do BNDES terão destinação especialmente para a área rural, em apoio a
    projetos de fomento a atividades produtivas, capacitação, reformulação dos
    sistemas de assistência técnica extensão rural, apoio à comercialização,
    infraestrutura (construção de diques, açudes, barragens e estradas vicinais) e
    regularização fundiária.

    A área urbana também terá investimentos, com foco em projetos de arranjos
    produtivos locais, agricultura urbana e peri-urbana e capacitação profissional.

    Os investimentos em gestão pública envolvem a implantação de sistemas
    integrados de monitoramento e acompanhamento de programas e projetos
    governamentais

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!