Logo
  • Câmara de Pinheiro aprova moção de aplauso de autoria do vereador Valter Soares (PV) ao Bispo Dom Elio Rama.

    Moção de aplauso de autoria do vereador Valter Soares (PV), aprovada na sessão ordinária da Câmara Municipal de Pinheiro ontem (08), parabeniza o Bispo Diocesano de Pinheiro Dom Elio  Rama.

    A moção do vereador Valter é pela realização da organização da Romaria em comemoração aos 100 anos de Aparição de Nossa Senhora de Fátima.

    Quando Nossa Senhora apareceu pela primeira vez em Fátima, no dia 13 de maio de 1917, Lúcia acabara de completar 10 anos; Francisco estava para completar 9; e Jacinta, a menor, tinha pouco mais de 7 anos.

    As aparições de Nossa Senhora se deram habitualmente na Cova da Iria, numa propriedade do pai de Lúcia, situada a 2,5Km de Fátima. A mãe de Deus aparecia por volta do meio-dia, sobre uma azinheira de pouco mais de um metro de altura.

    Por algum misterioso desígnio de Deus, as três crianças foram privilegiadas, mas desigualmente: as três viam Nossa Senhora, mas Francisco não A ouvia; Jacinta A via e ouvia, mas não lhe falava; Lúcia via e ouvia a Santíssima Virgem, e também falava com ela.

    Os pastorinhos estavam, naquele dia 13, brincando de construir uma casinha de pedras em redor de uma moita quando, de repente, brilhou uma luz muito intensa.

    Num primeiro momento pensaram que tinha sido um relâmpago, mas pouco depois avistaram, sobre uma azinheira, “uma Senhora, vestida toda de branco, mais brilhante que o Sol, espargindo luz mais clara e intensa que um copo de cristal cheio de água cristalina, atravessado pelos raios do Sol mais ardente”.

    As crianças, surpreendidas, pararam bem perto da Senhora, dentro da luz que a envolvia. Nossa Senhora então deu início a seguinte conversação com Lúcia.

     

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!