Logo
  • Caous na saúde de Pinheiro funcionários do materno entraram em greve na manhã de hoje

    Nos últimos dias do fim do mandato do Prefeito Zé Arlindo o
    caos se instalou de vez no sistema de Saúde do Município de Pinheiro, na manhã
    de hoje 19, os funcionários contratados e efetivos do Hospital Materno Infantil, resolveram encruzar os
    braços, a reivindicação é sempre a mesma salários atrasados, contratados se
    reclamam que há dois meses não recebem seus proventos e os efetivos cobram as
    parcelas do 13º salário que segundo os funcionários nunca caiu nenhuma parcela.
    São muitas as contradições em relação ao repasse da verba
    para o cumprimento salarial dos funcionários, a secretária de Saúde Graça diz
    que o repasse nunca foi feito para a secretaria pelo executivo Municipal, por
    outro lado o Prefeito Zé Arlindo diz que o repasse já foi efetivado, mas o
    certo é que nunca chegou na conta dos funcionários da saúde.
    Em reunião com funcionários do Hospital Antenor Abreu, no
    ultimo dia 17 segunda Feira, funcionários presentes na reunião afirmam que a
    secretária falou em alto e bom som que ela “Graça” estaria ficando com a verba.
    O prazo estipulado pelos funcionários do Hospital Antenor Abreu é até amanhã dia
    20, se o município não cumprir com o acordo em colocar em dias os salários atrasados
    dos contratados e pagar o 13º aos efetivos o atendimento também vai parar por
    lá.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!