Logo
  • Codevasf inaugura sede no MA e assina anteprojeto dos Diques da Baixada em janeiro

    Está
    marcada para o dia 17 de janeiro a inauguração da sede da Superintendência
    Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba
    (Codevasf) no Maranhão. A data foi definida na terça-feira (10), durante
    reunião em Brasília, na sede da Companhia, entre o secretário de Agricultura,
    Pecuária e Abastecimento, Cláudio Azevedo, e o presidente da Codevasf, Elmo
    Vaz, que durante a inauguração assinará a ordem de serviço do anteprojeto dos
    Diques da Baixada Maranhense.
    A
    obra, que está orçada em cerca de R$ 100 milhões, prevê a construção de 71,2
    quilômetros de diques, compreendendo uma área de 1.478km², abrangendo os
    municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Ferrer, Cajapió,
    São Bento e Bacurituba. “Essa é uma obra muito importante para o Maranhão e vai
    aumentar a disponibilidade hídrica da Baixada Maranhense, beneficiando milhares
    de pessoas que sofrem com os efeitos da estiagem porque vai oportunizar novas
    atividades agrícolas, além de evitar a salinização dos lagos”, ressaltou o
    secretário.
    Cláudio
    Azevedo informou ainda que a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e
    Abastecimento (Sagrima) já realizou as audiências públicas para os Diques da
    Baixada nos municípios de Viana, São João Batista e Cajapió. As audiências
    fazem parte do processo de licenciamento ambiental para execução da obra.
    Nova sede
    A
    nova sede da Codevasf será instalada no local onde funcionava o Ibama, próximo
    ao Parque do Bom Menino, no centro de São Luís. O prédio está sendo totalmente
    reformado. Instalada no Maranhão em setembro do ano passado, atualmente a
    Codevasf funciona em um prédio localizado na Avenida dos Holandeses. A empresa
    atua em 149 municípios maranhenses localizados nas áreas de abrangência dos rios
    Mearim, Parnaíba e Itapecuru.
    Entre
    as ações executadas pela Codevasf em parceria com a Sagrima, está o programa
    Água para Todos, que já instalou mais de 4 mil cisternas com capacidade para
    armazenar 16 mil litros de água captadas das chuvas por meio de calhas
    instaladas nas casas da zona rural, além da implantação de 300 kits de
    irrigação em 15 municípios maranhenses.
    Na
    reunião com o presidente da Codevasf, o secretário Cláudio Azevedo também
    pleiteou a distribuição de mais kits de irrigação para o Maranhão. Elmo Vaz
    afirmou que estudará a viabilidade de liberar mais 500 sistemas de irrigação.
    “Esses 300 kits já distribuídos foram instalados em áreas de 500 m² e adotam
    uma tecnologia simples que está mudando a vida dos agricultores que dependiam
    exclusivamente da chegada das chuvas para plantar e hoje podem produzir
    praticamente durante todo o ano”, enfatizou o secretário Cláudio Azevedo.
    Apicultura
    Integrando
    as ações do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria, outra ação
    da Codevasf no Maranhão está marcada para a próxima semana, que é a entrega
    simbólica de 279 kits de apicultura destinados a pequenos produtores dos
    municípios de Alto Alegre do Maranhão, Anajatuba, Bacabeira, Buriti Bravo,
    Centro Novo do Maranhão, Colinas, São João Batista, Viana e Zé Doca.
    Os
    kits distribuídos foram divididos em três tipos, de acordo com a capacidade
    produtiva de cada apicultor beneficiado. O primeiro kit é composto por 10
    colmeias completas, 10 suportes, 2 EPIs, 10 kg cera alveolada, 1 carretilha, 1
    formão e 1 fumigador.
    O
    segundo conjunto é composto por 20 colmeias completas, 20 suportes, 2 EPIs, 20
    kg cera alveolada, 1 carretilha, 1 formão e 1 fumigador. E o terceiro kit
    contém 30 colmeias completas, 30 suportes, 2 EPIs, 30 kg cera alveolada, 1
    carretilha, 2 formão e 1 fumigador.
    No
    total, serão distribuídas 6 mil colmeias a pequenos apicultores, que somam
    investimentos na ordem de R$ 2 milhões.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!