Logo
  • Decisão Judicial declara greve dos servidores da Educação do município de Pres. Sarney ilegal e determina que a classe dê continuidade aos serviços.

    Decisão Judicial,
    proferida pelo Desembargador Lourival Serejo, na tarde de hoje segunda (12), declara
    ilegal a greve iniciada desde o ultima segunda (05), pelo Sindicato dos Trabalhadores
    e Servidores da Educação Municipal e Presidente Sarney “SIMPROSEMPS”.
    A liminar determina que o
    Sindicato dê continuidade aos serviços de Educação no referido município, sob
    pena de multa de 10.000,00 (dez mil reais) em caso de descumprimento.
    A liminar suspende a
    greve deflagrada pelo Sindicato, determinando, de imediata continuidade dos
    serviços sob multa de 2.000,00 (dois mil reais), a contar da ciência da
    decisão.
    Os alunos da rede
    municipal de ensino do município de Pres. Sarney vêm sofrendo sérios prejuízos devidos
    as paralisações.
    O prefeito Edison Bispo Chagas
    garante que todas as reivindicações, feitas pela categoria estão sendo
    cumpridas, apenas o 13º salário, tendo ainda o prefeito até o dia 20 de
    dezembro para efetuar o repasse do mesmo, ainda não foi pago.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!