Logo
  • Deputado Cabo Campos prestigia projeto NAIPP na Exposegma 2015

    O
    deputado Cabo Campos esteve prestigiando durante a Exposegma (Exposição Sobre
    Segurança do Maranhão) 2015, Projeto NAIPP (Núcleo de Atendimento
    Integrado Psicossocial para Policiais), apresentado pelo IBRAPP (Instituto
    Brasileiro de Políticas Públicas). O projeto, atua na área da prevenção da
    saúde mental do policial, ganhou destaque durante o evento, porque segundo os
    próprios policiais que prestigiaram a exposição, trata-se de um serviço
    inovador e que se faz necessário para o aprimoramento da polícia do Maranhão.
    Cabo
    Campos, apontou que o projeto seria de grande importância para manter a
    qualidade dos serviços prestados pela Secretaria de Segurança Pública do
    Maranhão (SSP-MA). “Zelar pela segurança pública requer uma força policial
    qualificada não apenas no quantitativo de policias, mas também no aprimoramento
    das condições em que os policiais trabalham, pois é justamente no aprimoramento
    dessas condições que a segurança pública torna-se eficaz”, afirmou Campos.
    No
    decorrer do evento, o IBRAPP ofereceu aos policiais e visitantes da exposição,
    sessões de massoterapia como demonstrativo da importância de setir-se bem
    consigo mesmo e livre do estresse para enfrentar a rotina de trabalho. Em
    visita ao stand do projeto, o policial militar Paulo Trindade, alegou que a corporação
    da polícia militar precisa de um projeto como o NAIPP porque os policiais
    sofrem cotidianamente altas cargas de tensão e estresse em suas rotinas de
    trabalho. “É preciso que o policial seja encarado não apenas como um agente da
    segurança pública, mas também um homem, e que por conta disso precisa também de
    um acompanhamento psicológico quando se trata de coibir o crime”, afirma.
    Ainda
    durante o evento, o IBRAPP aplicou também uma pesquisa onde os policiais
    tiveram a oportunidade de apontarem os principais fatores que contribuem para a
    desordem psíquica de policiais, além de poderem sugerir quais seriam as
    melhores formas para a solução desses problemas.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!