Logo
  • Dia do Professor – “Educadores pinheirenses sem motivos para comemorar”

    Hoje, 15 de outubro é comemorado o dia do professor em todo o Brasil. Infelizmente nada existe a comemorar na cidade de Pinheiro, a começar pelo falta de diálogo e não pagamento do precatório de direito da classe.

    São grandes às perdas que seguidamente vem sofrendo o professor pinheirense no deplorável atual quadro político administrativo de Pinheiro.

    Em 2017, nos primeiros meses de administração do prefeito, Luciano Genésio, a classe sofreu desconto salarial até hoje nunca reposto pelo gestor.

    A classe briga também por outros diretos e sofre na pele a desvalorização pela atual gestão. No último dia 26 aproximadamente 300 professores da rede pública municipal de educação de Pinheiro, realizaram em frente à Prefeitura da cidade um protesto para reivindicar os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). (reveja aqui)

    A gestão do prefeito Luciano Genésio é um quadro negro vazio que simboliza  a realidade da educação em Pinheiro; luto e desvalorização da ‘classe’!

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!