Logo
  • Direção nacional do PPS vem a São Luis apurar denuncia de agreção a Deputada eliziene Gama

    A candidata do PPS à Prefeitura de São Luís, deputada Eliziane Gama (PPS),
    informou que na segunda-feira representantes da executiva nacional do partido
    desembarcarão em São Luís para acompanhar os primeiros dias de campanha, ajudar
    na composição de sua agenda e reforçar o apoio a sua candidatura.


    Os dirigentes também vão apurar as denúncias feitas por Eliziane Gama, na
    quinta-feira (último dia de registro de candidatura), de que teria sofrido
    agressões físicas e submetida a cárcere privado, por homens desconhecidos,
    durante uma reunião com as lideranças estadual e municipal do PPS. “Já
    recebemos o comunicado e agora estamos aguardando a presença dos
    dirigentes”, disse.


    De acordo com Eliziane, o suplente de deputado estadual no exercício do
    mandato, Othelino Neto, a agrediu e a manteve trancada em uma sala na sede do
    partido, para impedi-la de registrar a chapa em tempo hábil. Othelino nega as
    acusações.


    Registro – Eliziane Gama conseguiu conclui  o seu registro de
    candidatura a prefeito de São Luís. O vice indicado para compor a sua chapa,
    militar cabo Campos, no
    cartório eleitoral do Fórum Eleitoral de São Luís, oficializando a oitava chapa
    para a disputa majoritária na capital. Todos os demais candidatos: Washington
    Luiz (PT); João Castelo (PSDB); Tadeu Palácio (PP); Edivaldo Holanda Júnior
    (PTC); Haroldo Sabóia (PSOL); Edinaldo Neves (PRTB) e Marcos Silva (PSTU)
    haviam consolidado o registro dentro do prazo dado pela Justiça Eleitoral.


    Eliziane Gama garantiu que não há mais qualquer tipo de pendência com a
    Justiça Eleitoral e disse que o próximo passo será dedicar-se exclusivamente à
    composição de sua agenda para o período de campanha. “Vou me reunir com
    toda a liderança do partido nos próximos dias e decidir as estratégias de
    campanha.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!