Logo
  • Diretor do Serviço de Água de Viana cansa de passar vergonha e entrega cargo a Magrado

    O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto do Município de Viana (SAAE), Alberth Henrique Gomes Gouveia, entregou o cargo, ontem (27),  ao prefeito Magrado Barros (DEM).

    Em carta, o diretor alega “motivos de ordem pessoal” para a demissão. Porém, como ex-vereador e com uma trajetória reconhecida na sociedade vianense, Alberth estava sofrendo enorme desgaste no cargo que exercia sem recursos, sem material e com as constantes críticas feitas pela população ao pior setor da administração municipal.

    Principal promessa de campanha de Magrado, a solução para o problema crônico da falta d’água em Viana, nunca foi apresentada. A entrega do cargo de Alberth Gouveia, às vésperas do fim do mandato do atual prefeito, é a prova mais expressiva de que a gestão municipal não teve compromisso e competência para resolver um drama que afetas milhares de vianenses. Além de deixar o cargo, Alberth ainda teve que passar pelo constrangimento de ser chamado de “rato de esgoto” por um comentarista da rádio Maracu AM.

    “Quando o navio começa a afundar, começa a entrar água, por exemplo, numa canoa que está cheia de gente, todos eles doidos para entrar pro outro barco, achando que vão navegar bem, é tipo rato de esgoto, a primeira água que sai, ele sai correndo”, comentou.

    Apesar da crítica pejorativa, o apresentador demonstrou ter profundo conhecimento da realidade política hoje de Viana, ao descrever que o navio do prefeito Magrado parece ter o mesmo destino do lendário Titanic: afundar.

    “Várias outras pessoas que estão disfarçada no governo, que estão de máscara, não por causa da covid-19, mas esperando o momento para dar o bote, para sair. Gente, se você não está satisfeito como o governo, se você não tem condições mais de ajudar como seu trabalho, faça como Alberth Henrique”, declarou o radialista. O conselho serve como uma luva aos que já tiveram a oportunidade e não têm mais condições de ajudar a população de Viana.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!