Logo
  • Elton Maramaldo fala da Importância da vacinação contra a Gripe em Pinheiro.

    Desde o dia
    15 de abril, teve Inicio a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza
    (Gripe). A campanha, que segue até o dia 26 de abril, é destinada
    principalmente a idosos acima de 60 anos, gestantes, indígenas, profissionais
    da saúde, crianças de 6 meses a 2 anos, mulheres no período de até 45 dias após
    o parto e portadores de doenças crônicas ou imunodeprimidos. 
    O Dia D, da campanha foi realizado dia 20 de abril, sábado. A Prefeitura
    Municipal de Pinheiro, através da Secretaria de Saúde (Setor de Epidemiologia),
    tem dado o suporte necessário junto aos profissionais da Saúde, abrangendo toda
    a Zona Rural da Cidade em parceria com os Agentes comunitários de Saúde. Na
    Zona urbana a vacinação está acontecendo em todos os postos o objetivo é
    alcançara a meta de 12.000(Doze Mil) Imunizados dentro das prioridades. “Crianças
    de seis meses a menores de dois anos, Gestantes, Puérperas (mulheres no período
    até 45 dias após o parto).
    Elton Maramaldo(Coodenador Setor Epidemologia do Municipio de Pinheiro)
    Elton Maramaldo
    coordenador do setor de epidemiologia do Município de pinheiro falou da
    Importância de se vacinar. “A Influenza é uma
    infecção viral aguda que atinge todo o sistema respiratória e afeta  75%
    dos idosos, além das crianças entre seis meses e dois anos. Com sintomas
    semelhantes ao do resfriado, o vírus pode ser transmitido por meio de secreções
    das vias respiratórias da pessoa contaminada, através da fala, da tosse e do
    espirro, ou mesmo pelas mãos, após contato com a pele contaminada”.
    A
    importância de se Vacinar.
    Porque é uma doença que pode evoluir
    de maneira grave e até mesmo fatal, embora a maioria dos casos felizmente seja
    leve. As pessoas com maior chance estatística para a gravidade fazem parte dos
    grupos de risco que podem tomar vacina gratuitamente no sistema público, mas
    qualquer pessoa pode desenvolver quadros graves e complicações. Afirmou Elton
    Segundo
    o Ministério da Saúde (MS), a vacinação reduz de 39% a 75% a mortalidade global
    e entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias. Quanto ao risco
    global de hospitalização e morte, deve haver redução de 50% e 68%,
    respectivamente, e o risco de pneumonia em idosos pode ser reduzido em 60%.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!