Logo
  • Em reunião com Lula e Dilma, PT decide apoiar Luis Fernando

    Da Folha de S. Paulo
    Na
    rodada de negociações com o PMDB para turbinar palanques estaduais para a
    reeleição da presidente Dilma Rousseff, o PT indicou que deve abandonar a
    candidatura do comunista Flavio Dino ao governo do Maranhão e manter o apoio à
    família Sarney.
    A
    decisão foi anunciada pelo presidente do PMDB, Valdir Raupp (RO). Segundo o
    dirigente, esse foi o único entendimento da reunião deste sábado comandada por
    Dilma ao lado do ex-presidente Lula. O encontro ocorreu na Granja do Torto,
    residência de campo da Presidência.
    “Avançou
    bastante. Teremos de sentar outras vezes, mas nesse caso do Maranhão a questão
    já foi resolvida. A ala que apoia o candidato da governadora Roseana, do PMDB,
    ganhou a convenção… A ala do PT. Logo deverá apoiar o candidato a governador da
    governadora Roseana Sarney, do PMDB”, afirmou.
    No
    Maranhão, uma ala do PT queria apoiar o comunista Flávio Dino, candidato à
    sucessão de Roseana. Esse é um dos poucos pedidos de apoio feito pelo PC do B
    ao PT na corrida eleitoral de 2014.
    O
    senador José Sarney (PMDB-AP) participou da reunião, mas não deu entrevistas. O
    nome do PMDB ainda será lançado por Roseana. A decisão deve gerar tensão no PT
    do Maranhão e provocar reações no PC do B.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!