Logo
  • Emap orienta passageiros para uma viagem segura e tranquila nas festas de final de ano

    Cerca
    de 30 mil pessoas devem atravessar a Baia de São Marcos para comemorar as
    festas de final de ano com a família e os amigos. A travessia acontece pelos
    ferry-boats e tem como pontos de partida e chegada os Terminais de Passageiros
    da Ponta da Espera, em São Luís, e do Cujupe, em Alcântara, ambos administrados
    pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).
    Com
    o Terminal de Passageiros da Ponta da Espera em reforma, desde agosto, uma
    estrutura temporária foi montada para atender a demanda, inclusive nos períodos
    das férias escolares, das festas de final de ano e do carnaval. 
    Atualmente 80% da obra foi realizada e a previsão é que em março de 2014, o
    terminal de São Luís seja entregue. A revitalização da estrutura visa,
    principalmente, maior comodidade, segurança e acessibilidade aos
    usuários.  Para o Terminal do Cujupe, em Alcântara, a previsão é que a
    obra inicie no primeiro trimestre do ano que vem.
    Desde
    o início da semana, o fluxo de veículos e pessoas que procuram o Terminal de
    Passageiros vem aumentando. “É importante que os passageiros tenham comprado
    suas passagens com antecedência e se apresentam com no mínimo uma hora antes do
    embarque”, enfatizou Flávio Brito, coordenador dos Terminais Externos da Emap.
    Ao
    chegarem para embarcar, os passageiros já encontram um cenário diferente. Uma
    estrutura temporária foi montada, de quase 300 m², no antigo estacionamento. No
    mesmo ambiente foram instalados os escritórios administrativos da Emap, das
    operadoras dos ferry-boats, os pontos de vendas das passagens, bebedouros e
    banheiros. Placas sinalizadoras educativas e informativas indicam sobre os
    serviços disponíveis na estrutura.
    A
    procura pelos Terminais de Passageiros, administrados pela Emap, aumenta a cada
    ano. Nos últimos seis anos, o número de usuários dos Terminais de Passageiros
    de Ferry-boats de Ponta da Espera, em São Luís, e do Cujupe, em Alcântara,
    passou de 665 mil para mais de 1,7 milhão por ano, um aumento de 161%.  Os
    terminais são um dos principais pontos de partida ou chegada de milhares de
    pessoas com destino aos municípios da Baixada Maranhense e ao vizinho estado do
    Pará. Considerando o aumento no número de usuários dos Terminais de Passageiros
    somando à grande visibilidade do local e as diretrizes sustentáveis da Emap,
    foi desenvolvido o  projeto de revitalização dos terminais.
    Estatísticas
    · Em 2012 de
    janeiro a dezembro cerca de 1 milhão 576 pessoas passaram pelos Terminais da
    Ponta da Espera e do Cujupe;
    · De janeiro a
    novembro de 2013, o número de passageiros que utilizaram os terminais foi de 1
    milhão 534 mil pessoas.
    Obra do Terminal da Ponta da Espera
     *
    Construção de nova rampa para garantir acessibilidade às pessoas portadoras de
    necessidades especiais;
    *
    Construção e reforma de novas passarelas para os passageiros;
    *
    Construção de Nova Portaria;
    *
    Reforma do BOX da Polícia Militar;
    *
    Reforma do coreto;
    *
    Construção de uma praça de alimentação;
    *
    Construção de um novo Estacionamento com ponto de Táxi;
    *Estrutura
    para restaurantes.
     Cuidados
    na hora do embarque
    O
    passageiro deve ficar atento aos cuidados que deve tomar para garantir uma
    viagem segura e tranquila, principalmente, durante o período da reforma. Você
    pode ajudar da seguinte maneira:
    1.
    Informar-se sobre os horários das viagens pelo site da Emap – www.emap.ma.gov.br
    2.
    Comprar os bilhetes com antecedência.
    3.
    Ao optar pelos serviços dos ônibus é importante chegar nesses terminais, com no
    mínimo uma hora de antecedência. A dica vale também para os que viajam com
    veículos, chegar cedo ajuda na organização do embarque e evita atrasos.
    4. 
    Estando no terminal, sigam as orientações de fluxo e posicionamento pelo
    período das reformas.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!