Logo
  • Enquanto prefeita de Matinha abandona Escolas, Secretária de Educação rebola na boquinha da garrafa

    A cidade  de Matinha na Baixada Maranhense, administrada pela prefeita Linielda Nunes Cunha, já recebeu uma fortuna do governo federal só para investir em Educação. De acordo com o dados do Portal da Transparência do Governo federal, os repasses já chegam a quase 15 milhões de reais, somados os exercícios 2017 e 2018. Veja a baixo.

    Mesmo com toda essa dinheirama nos cofres da prefeitura, a gestão samba na cara da população, ou melhor, rebola na boquinha da garrafa. Exemplo do caos que se instalou na Educação de Matinha, é Unidade Escolar João Francisco Gomes, localizada na comunidade de Itans.

    As Salas de aulas estão completamente impróprias para uso. Logo na entrada, o cartão de visita da escola é a calçada principal da entrada danificada, a merendar é armazenada de forma irregular, cadeiras quebradas, salas com mal cheiro, falta de higiene em fim varias outras irregularidade.

    Enquanto o caos assola a educação da cidade e dinheiro desce no ralo da obscuridade, a secretária de Educação da cidade, Zilda Cantanhede, rebola na cara do povo, ou melhor, na boquinha da garrafa. Veja o vídeo abaixo.

    https://www.youtube.com/watch?v=leYw7bj13to&feature=youtu.be

    Imagens e vídeo Portal do Baixadeiro

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!