Logo
  • ESTICA E PUXA

    Pinheiro/2012: dirigente afirma que encontro é ilegal

    O tesoureiro do PT de Pinheiro, César Soares, divulgou nota em que denuncia o que considera uma “ilegalidade” o Encontro Municipal convocado pela facção ligada ao prefeito José Arlindo (PSB), para o próximo domingo (10). Veja:

    Foi convocado um “novo encontro” pela Executiva Municipal, sem a participação do nosso grupo, para o dia 10/06 (domingo).

    1) Entendemos se fazer desnecessário um novo encontro, uma vez que a decisão da política de aliança do DM Pinheiro já havia sido definida dia 04/06, em reunião ordinária da Comissão Executiva Estadual;
    2) O ofício(ao lado) é de 06/06, dois dias após a decisão da CEE, mas cuja Resolução e Ata da decisão do dia 04/06, só saiu também no dia 06/06. Portanto, a direção nacional poderia ainda não ter tomado conhecimento da decisão da CEE, quando respondeu ao e-mail enviado pelo Secretário Geral do DM Pinheiro;
    3) O mesmo ofício da SORG afirma que ainda não julgou o recurso apresentado contra a decisão da CEE, apenas “orientou” um novo encontro, não determinou, nem baixou uma Resolução;
    4) Enquanto não for julgado o recurso, qualquer atitude do DM de Pinheiro é inócua e precipitada;
    5) O PT tem uma direção estadual legítima, que toma as decisões preservando os interesses do partido. Confiamos que a direção nacional vai respeitar e acatar a decisão da CEE, até porque a aliança proposta pela outra corrente, com o PSB, está imbutida também aliança com o PSDB e PPS(veja foto ao lado, dos dirigentes estaduais desses partidos apoiando Serra/2010), partidos impedidos de coligar-se com o PT, conforme Resolução do IV Congresso;
    6) Portanto, nosso grupo decidiu não participar desse “novo encontro” para não legitimar uma ilegalidade, e, ficamos no aguardo da decisão do recurso à decisão da CEE.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!