Logo
  • Estudantes do ensino fundamental da rede pública de São Bento visitam projeto ambiental em Peri-Mirim

    A Secretaria Municipal de Meio Ambiente promoveu ação, em Peri-Mirim, com estudantes do ensino fundamental da rede pública de ensino de São Bento. A visita aconteceu devido a importante projeto ambiental que existe na cidade vizinha intitulado “Reflorestando o Mundo”, referência na região, criado e mantido por Luzio Rocha.

    Para o ambientalista, o intuito é influir na Baixada maranhense, no Brasil e no mundo. “Pretendemos que as árvores e essa proposta se multipliquem em todos os cantos do planeta”, enfatizou Rocha, no evento de 2o aniversário do projeto.
    A proposta da secretária Telma Pinheiro e da sua equipe foi apresentar a ideia do reflorestamento ambiental aos jovens alunos e, desde já, repassar para as futuras gerações a importância da preservação ambiental e do replantio de árvores em ambientes degradados existentes em São Bento.
    Segundo a secretária municipal, “é de suma importância a visita, pois trata-se de um projeto de sustentabilidade ambiental, que planeja o reflorestamento das regiões devastadas pelo avanço das cidades nas áreas verdes e promove o equilíbrio ambiental”.
    A proposta não é só ficar nas visitas e no repasse das informações aos jovens alunos, mas sim implantar um projeto similar em São Bento com os meus objetivos e assim transformar a cidade em uma região sustentável, com a devida conscientização dos seus moradores quanto à importância do equilíbrio do meio ambiente.
    Na visita ao projeto, cada aluno ganhou uma muda de árvore para exercer esse dever da responsabilidade da preservação e do replantio de árvores, que influem bastante nas boas temperaturas, na ventilação e na existência das sombras que amenizam o calor. E o equilíbrio ambiental tem um papel preponderante na qualidade e na expectativa de vida da população.  
    As mudas presenteadas poderão ser plantadas em ambientes que o próprio aluno escolher, no entanto ficou a sugestão da equipe da Secretaria de Meio Ambiente para serem plantadas nos quintais residenciais. A intenção é deixar uma marca nessa geração: no futuro relembrar o legado e a importância de ter participado, por exemplo, na influência do clima da cidade.
    A secretária também lembrou do superaquecimento que ocorre na cidade, principalmente no período da estiagem, quando os campos inundados praticamente se transformam em verdadeiros desertos com a seca e rachadura do solo.
    E dando continuidade à elaboração da ação em alusão ao Dia Mundial do Ambiente na cidade, no próximo dia 5 de junho, serão distribuídas em praças públicas diversas mudas de árvores para replantios das áreas degradadas de São Bento. Com isso, a secretaria pretende influir na conscientização sócio-ambiental de todos quanto ao zelo e preservação do meio ambiente sambentoense.
    Zeus Padaratz

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!