Logo
  • Garis há dois meses sem salário, Quartel da PM com energia cortada, gestão de Heliezer envergonha a população de Peri Mirim

    O prefeito da cidade de Peri Mirim, Heliezer “ex do povo” (PCdoB), perdeu de vez as “estribeiras”, as coisas na pequena cidade da Baixada Maranhense andam de mal a pior.

    Em Peri Mirim, se tonou corriqueiro fatos negativos gerados pela péssima administração que faz o atual gestor. Atos desumanos assolam os perimirienses.

    Nesta quarta-feira (08), a redação do blog recebeu informações da triste situação que passam os trabalhadores da limpeza pública do município, os garis, a classe trabalhadora está há exatos 2 (dois) meses com os seus vencimentos atrasados, trabalhadores que tem esse serviço como sua única fonte de renda. Um ato desumano por parte do poder público municipal.

    Também chegou na redação da página, outro fato que envergonha os perimirenses. Trabalhadores da empresa Equatorial estiveram na manhã desta quarta-feira (08) no prédio onde funciona o quartel da Polícia Militar na cidade de Peri Mirim e interoperam o fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento.

    Segundo informações, há 9 meses que não são pagas às contas de energia elétrica do quartel que é de competência da Prefeitura de Peri Mirim, administrada pelo prefeito Heliezer Soares (PCdoB). Outra grave denúncia é que uma ordem de despejo pode vim a acontecer, uma vez que o aluguel não é pago desde janeiro, 11 meses.

    CPI

    Na próxima semana será protocolado na Câmara Municipal de Peri Mirim, um pedido de criação de uma CPI para investigar contratos exorbitantes realizados em secretarias da gestão do prefeito Heliezer, serviços estes que nunca chegaram a população.

    Aliados do prefeito na tentativa de não deixar chegar ao conhecimento da população tais desmandos e possíveis desvio de verbas do horário público, tentam barrar a abertura da comissão que já conta com no mínimo 3 assinaturas.

    Denunciais também estão sendo encaminhadas a Policia Federal, TCE e demais órgãos competentes.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!