Logo
  • Governo encerrará serviço de neurocirurgia no Hospital de Pinheiro

    mmUma péssima notícia para a população de toda a Baixada Maranhense.

    O governo Flávio Dino (PCdoB) já mandou avisar que encerrará nesta semana o serviço de neurocirurgia do Hospital Regional de Pinheiro.

    Segundo médicos que prestam serviço na unidade, o informe da Secretaria de Estado da Saúde (SES) dá conta de que no dia 18 haverá o encerramento desse tipo de atendimento.

    Essa é mais uma baixa no Hospital de Pinheiro, que foi inaugurado no segundo semestre do ano passado, mas nunca foi efetivamente aparelhado.

    A tomografia, por exemplo, está sem funcionar.

    A Secretaria de Estado da Saúde (SES) encaminhou hoje (16) nota ao Blog do Gilberto Léda confirmando que o serviço de neurocirurgia do Hospital Regional de Pinheiro será encerrado.

    De acordo com o comunicado oficial, o problema é financeiro: os custos eram altos, para poucas cirurgias mensais (quatro, segundo a nota).

    “Durante um ano, a média mensal de neurocirurgias foi de quatro intervenções a um custo mensal de R$ 160 mil, quadro que representa inviabilidade técnica e financeira para a manutenção do serviço”, diz o texto oficial.

    Ainda de acordo com o comunicado, apesar do fechamento do setor de neurocirurgia, foram abertos “novos serviços na unidade, como mamografia, otorrinolaringologia e ambulatório de ginecologia, a partir de mensuração de demandas da regional”.

    “A SES acrescenta que o hospital continuará com neurologistas no ambulatório de neurologia, para assistência de pacientes com pareceres e laudos, e encaminhamentos para cirurgia”, completa.

    Nem parece o mesmo governo que, apenas entre os dias 31 de março e 11 de maio de 2016, pagou mais de R$ 3 milhões pelo fretamento de aeronaves para atender a demanda do gabinete da governadoria (saiba mais).

    Com informações do Gilberto Leda.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!