Logo
  • Há um dia do fim do prazo do pagamento da primeira parcela do 13º salário, prefeito de Pinheiro sinaliza para o não pagamento

    O prazo de pagamento da primeira parcela do 13º salário termina nesta quinta-feira (30). Empregadores de todo o país têm até 30 de novembro para depositar parte do abono. A segunda parcela deverá ser quitada até 20 de dezembro.

    Qualquer atraso no repasse aos trabalhadores pode causar dor de cabeça aos patrões. A falta de pagamento e o atraso no depósito são considerados infrações, que podem resultar em multa. A punição chega a R$ 170,25 por funcionário. Em caso de reincidência, o valor a ser pago é dobrado.

    Em Pinheiro, servidores municipais do quadro de efetivos estão apreensivos já que depois de mais de 15 anos a primeira parcela que era depositada até 15 de julho, não aconteceu. Apenas os servidores efetivos da educação (professores) receberam a primeira parcela do abono.

    Outro fato lamentável no primeiro ano de gestão do prefeito, Luciano Genésio, é que além do atraso de salário dos servidores temporários (contratados), os mesmo ficarão sem receber o 13º, um verdadeiro retrocesso.

    O prefeito já sinalizou que descumprirá a Lei, e os servidores deverão não receber a primeira parcela do 13º amanhã, prazo final.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!