Logo
  • Homem é preso suspeito de atuar ilegalmente como médico em Bacuri

    Marcos da
    Cunha Andrade Filho foi detido nesta quarta-feira (24).

    Suspeito teria argumentado que falta 20 dias para se formar em medicina.
    G1 MA.
    Um homem identificado como Marcos da Cunha
    Andrade Filho foi detido nesta quarta-feira (24) suspeito de atuar ilegalmente
    como médico em Bacuri, no norte do Maranhão. Segundo o delegado Jorge Antônio,
    responsável pelo caso, o rapaz argumentou que vai se formar em medicina daqui a
    20 dias, mas não comprovou o fato.
    “Ele falou que ainda é aluno do curso
    de medicina, só que não mostrou pra nós algo que o identificasse como
    acadêmico. Nós entendemos que ele está usurpando uma função de médico e o
    autuamos em flagrante”, explicou o delegado em entrevista à Rádio Mirante
    AM.
    O delegado afirmou que o suspeito foi
    encontrado sozinho no hospital, sem o acompanhamento de profissionais
    registrados. “O acadêmico sempre tem que estar sendo acompanhado de um
    profissional da área. Esse não, esse tava como médico plantonista sozinho no
    hospital”, disse.
    A polícia agora investiga se o suposto
    estudante, que é filho de uma médica, chegou a ser contratado oficialmente pela
    Prefeitura de Bacuri. Também será verificado se o profissional a quem pertence
    o número do Conselho Regional de Medicina (CRM) que ele utilizava estava ciente
    do caso.
    “Ele estava de plantão a pedido de
    alguém e nós já passamos o nome da pessoa que entrou em contato com ele para o
    delegado de Bacuri, que vai aprofundar essa investigação porque não é a
    primeira vez que pessoas que dizem ser médicos vão trabalhar em Bacuri sem
    nenhuma fiscalização”, finaliza.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!