Logo
  • Iluminação Pública – Não esqueça quais vereadores deram aval para o prefeito de Pinheiro meter a mão no seu bolso

    A fatura  chegou! A pedido do Prefeito Luciano Genésio, a Câmara Municipal da cidade, aprovou no dia 11 de dezembro de 2018  o projeto mais impopular já mandado ao Legislativo local. Projeto de Lei de Nº 10/2018 de autoria do do Executivo Municipal reajustou a taxa de Iluminação Pública em Pinheiro

    O projeto que não trás nenhuma benefício a população, mete literalmente a mão no bolso das famílias Pinheirenses aumentou em até 300% na taxa de iluminação pública.

    Desde o  inicio do  mês de maio, a fatura  começou a chegar nas casas  dos pinheireneses, um presente  de grego dado a população  da sofrida Pinheiro pelos vereadores da  base do prefeito  que legislam em causa própria.

    A chiadeira é geral  nos quatro cantos da cidade por  conta da maldade dos vereadores a  pedido do prefeito da cidade. Não esqueçam quem foram os vereadores que  deram o aval para  o  prefeito da cidade  meter a  mão no  seu bolso.

    Votaram a favor do Prefeito e contra a população, os seguintes vereadores: Albininho (PCdoB), Alessandro Montenegro (PP), Capadinho (MDB), Ednildo (PCdoB), João Moraes (PSC), Lucas do Beirdão( PSDB), Paulinho Enfermeiro (PMN), Rubemar (MDB) e Sandro Lima (PCdoB).

    Foram contrários ao projeto apenas os vereadores: Beto de Ribão (PSD), Oziel Menezes (PSD), Guto (PV), Valter Soares (PV) e Riba do Bom Viver (PDT).

     

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!