Jota Pinto diz que governo realiza obras pedidas pela Frente da Baixada

O deputado Jota
Pinto (PEN) afirmou, na sessão desta segunda-feira (18), que o Governo do
Estado começou a lançar licitações e a executar estradas pedidas pela Frente da
Baixada Maranhense. Pinto contou que esteve, no sábado (16), na região, na
companhia do colega de plenário, Raimundo Cutrim (PSD), acompanhando o
secretário de Infra-estruturar, Luís Fernando, que foi dar a ordem de serviço
da MA- 317, que liga a MA 014 a Cajari.
 Jota Pinto,
que é presidente da Frente, disse que nas audiências na Baixada essa estrada
foi uma das principais prioridades e praticamente já foram iniciadas as obras.
Também lá foi anunciado que será dada a ordem de serviço para o trecho São
Bento e Bacurituba, na presença do prefeito de Bacurituba e do vice de São
Bento.
 “Foi também
colocado que a MA- 014, que é um serviço que eu sempre tenho ocupado a tribuna
para reclamar que está lento, mas também vai ser definido um prazo para a
entrega daquela obra, que se considera o pulmão econômico da Baixada Maranhense.
Fizemos também uma vistoria nesta rodovia, portanto, algumas demandas que foram
discutidas nas audiências da Frente Parlamentar de Defesa da Baixada estão
acontecendo e queremos parabenizar o governo do Estado, a governadora e o
secretário Luís Fernando”, afirmou.
 Jota Pinto
registrou ainda, para fazer justiça, que o deputado Max Barros (PMDB) ainda ano
passado, como secretário de Infraestrutura, já tinha iniciado o processo de
licitação para essa obra e que se empenhou para que pudesse sair do papel.
 “Também
aproveitei para passar ao prefeito de Cajari uma ambulância e uma patrulha
mecanizada, emenda de nossa autoria, portanto, as coisas estão acontecendo na
Baixada Maranhense, e estaremos em Pinheiro para a assinatura também da ordem
de serviço do hospital regional, nesta terça, que com certeza dará
tranquilidade ao povo da Baixada Maranhense. E também será construído um
hospital em Viana”, revelou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *