Logo
  • Juiz de Cururupu denuncia ameaças de morte

     Do G1 

    Juiz Celso
    Serafim Jr. está exigindo o cumprimento de algumas leis.
    Celso Serafim proibiu funcionamento de bares e casas noturnas.

    O
    juiz Celso Serafim Júnior, da cidade de Cururupu, na
    baixada maranhense, alega que está ameaçado de morte porque ele está exigindo o
    cumprimento de algumas leis.
    Um
    policial militar armado vigia os passos do juiz até nas audiências. As ameaças
    começaram com pichações em muros e ficaram mais agressivas com cartas anônimas.
    Numa delas o remetente diz que foi contratado para matar o magistrado. 
    Há um
    mês, o juiz baixou uma portaria dando prazo de três meses para que as
    autoridades façam campanhas de educação para o cumprimento do Código de
    Trânsito nas ruas de Cururupu. O juiz alega que a maioria das motos na cidade
    não tem placa e que os motociclistas não usam capacete.
    Celso
    Serafim proibiu o funcionamento de bares a partir da meia-noite. Alguns donos
    de bares foram multados por desobedecer às ordens da Justiça. Atendendo uma
    solicitação do Ministério Público, o juiz também mandou interditar casas
    noturnas sem alvarás de funcionamento, e proibiu o som alto após a meia-noite.
     A medida atingiu as tradicionais festas de reggae e os terreiros de cultos
    afro-brasileiros, que costumam fazem reuniões no início da madrugada.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!