Justiça determina realização de nova eleição em Guimarães

                                                   Nice         x                   Mary
O juiz Paulo de Assis Ribeiro, titular da 30ª Zona
Eleitoral, determinou, nesta sexta-feira (14), a realização de nova eleição na
cidade de Guimarães.
A coligação da candidata derrotada no pleito deste
ano, Mary Jane Guerreiro (PSL), recorreu à Justiça depois que o seu adversário, Artur Farias (PMDB), desistiu da
candidatura – ele é ficha suja – e indicou a irmã, Nilce Farias (PMDB), menos de 24 horas
antes do dia de votação.
Segundo a defesa de Mary Guerreiro, a conduta se
caracteriza como má-fé e fraude do processo eleitoral. Nilce foi eleita com
50,89% dos votos.
  A decisão é de primeiro grau e, com certeza, a
peemedebista recorrerá ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
 fonte: blog do Gilberto Leda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *