Logo
  • Justiça Eleitoral proíbe divulgação de pesquisa fraudulenta em Santa Helena

    A justiça eleitoral, suspendeu a divulgação de pesquisa eleitoral encomendado pelo Ex-prefeito Lobato em Santa Helena.  Registrada no TRE sob o número MA – 00700/2020, com suspeitas de várias irregularidades, entre elas, a inidoneidade da empresa responsável, deficiências na identificação dos entrevistados e registro no TRE antes alcance do prazo final para as pesquisas, fixado em 11/11/20.

    O instituto que realizou a pesquisa é denunciado em pelo menos dez processos por suspeita de divulgação de pesquisa fraudulenta na eleição de 2020, e condenado e proibido de divulgar essas pesquisas, o desconhecido Attitude Consultoria de Pesquisa de Mercado e Opinião, de propriedade de Jeane F de Oliveira.

    Inapto, segundo dados oficiais da Receita Federal, a empresa não poderia sequer estar funcionando, já que sua situação é irregular e nem mesmo endereço existe.

    Ainda assim, como se fosse uma estratégia para influenciar eleitores, o Instituto, suspeito de fraude, registrou nos últimos dias, dezenas de pesquisas e espera divulgar os números suspeitos, nas seguintes cidades: Bacabeira, Serrano do Maranhão, Morros, São João do Soter, Miranda do Norte, Vitória do Mearim, São Mateus, Santa Helena, Central do Maranhão, Viana, Rosário, Presidente Médici, Arari, Palmeirândia, Pinheiro e São José de Ribamar.

    Veja abaixo a decisão:

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!