Logo
  • Professor da UFMA campus de Pinheiro lança livro no próximo dia 18.

    No dia 18 de Janeiro será realizado o lançamento da
    Obra Nas águas de Guimarães: os desafios da pesca artesanal, do
    professor do Campus de Pinheiro, Roberto Santos Ramos. O evento será realizado
    às 19 horas na cidade de Guimarães-MA, na Colônia de Pescadores, localizada na
    Rua Professor Osório Anchieta, s/n.
    O livro aborda a pesca artesanal praticada no
    município de Guimarães, evidenciando suas potencialidades com base no
    conhecimento tradicional, na vocação pesqueira e nos elementos naturais locais,
    além de possibilitar um olhar multidisciplinar sobre vários aspectos das
    dimensões da sustentabilidade que colocam limites ao uso intensificado e
    impactante dos recursos naturais, dentre eles os pesqueiros.
    Além disso, a obra traz à tona aspectos importantes
    da apropriação de recursos naturais, como, dinâmica populacional e manejo de
    recursos, valoração ambiental e indicadores de sustentabilidade, análise da
    sustentabilidade e dos fatores de insustentabilidade voltados à pesca e, por
    fim, a etnoictiologia que trata das interações que os grupos humanos mantêm com
    os peixes.
    Segundo o autor do livro, o mar, o porto, a
    companhia do pai, são marcas do início da sua relação com a cidade de Guimarães
    na década de oitenta. “Mesmo morando na cidade de São Luís, na tentativa de
    encontrar melhores condições de vida, mantive os vínculos com a terra de meu
    pai, retornando à cidade como pesquisador em 2007”, explicou.
    Durante o evento, será exibida a biografia do
    autor em vídeo, intitulado A pesca na Várzea Amazônica,  além
    da Toada do Bumba boi de Zabumba sotaque de Guimarães. No encerramento da
    solenidade também haverá  seção de autógrafos e uma apresentação do Tambor
    de Crioula Bênção Divina de São Benedito.
    Roberto Santos Ramos é natural da cidade de São Luís/MA, e mantêm fortes vínculos com a
    cidade de Guimarães por ter grande parte de sua família proveniente de lá,
    principalmente seu pai Manoel Leonardo Ramos, o Manduca do
    povoado de Porto das Cabeceiras que lhe apresentou as belezas de sua terra
    natal.
    O autor da obra é  graduado em Ciência
    Biológicas pela Universidade Federal do Maranhão e possui especialização em
    Educação Ambiental pela Universidade Estadual do Maranhão e em Mídias na
    Educação (UFMA/SEEDUC), além do Mestrado em Sustentabilidade de Ecossistemas
    também pela UFMA. 
    Participa do grupo de pesquisa em paleontologia no
    Centro de Pesquisa e História Natural do Maranhão, coordenado pelo Prof. Dr.
    Manoel Alfredo Medeiros, investigando a ocorrência de fósseis no Maranhão.
    Sua formação e projetos desenvolvidos permitem-lhe
    atuar na área de Educação, com ênfase em Biologia, Ecologia, Gestão de Recursos
    Naturais, Educação Ambiental, Sustentabilidade e Desenvolvimento e área de
    projetos com ênfase em Pesca Sustentável, Maricultura e Formação em Educação
    Ambiental. 

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!