Logo
  • Leonardo Sá propõe políticas públicas para os idosos em Pinheiro

    Devido a necessidade de assistência especializada voltada para os idosos da cidade de Pinheiro-MA, o deputado estadual e pré-candidato a prefeito no município, Dr. Leonardo Sá (PL), propôs políticas públicas na “Live: Propostas e qualidade de vida na Melhor Idade”, que aconteceu nesta terça (11).

    Durante estes encontros virtuais semanais, o deputado vem demonstrando força e competência de gestão pública, tendo conhecimento em diversas áreas. Intitulado de Melhor Idade, nem sempre é visto desta forma, pelos próprios idosos, pois ainda existem diversas lacunas no cumprimento de políticas públicas voltadas para esta faixa-etária.

    Em Pinheiro existe o projeto social Cantinho da Mamãe, dirigido pela pré-candidato à vereadora, Concita de Luís Pajé, que de forma voluntária tem levado assistência aos idosos no município. Mas relata que é necessário desenvolver um projeto maior e com auxílio do poder público de qualidade.

    “Existia um Centro dos Idosos em Pinheiro, que era uma maravilha. Tinha não só assistência na área da saúde, como também esporte e lazer. Porém não tem mais e precisamos de olhar sensível de um gestor municipal voltado para este público e com urgência. Aqui no Projeto Cantinho da Mamãe trabalho de forma voluntária, com muito amor e dedicação. Porém a demanda é grande na cidade, sendo necessário mais projetos que valorizem, dando qualidade de vida para os idosos”, relatou Concita.

    Para Leonardo, que tem em seu avô, Gilberto Nabor Vieira, de 91 anos, um exemplo de vida e apoio em sua escolha na política, para ajudar no desenvolvimento de uma sociedade mais justa e igualitária, propôs em 2019, o Projeto de Lei n. 196/2019, estabelecendo a criação da “Casa do Idoso”, que foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema). E logo sancionado como Lei Ordinária n. 11.075/2019, pelo governador, Flávio Dino (PCdoB), com abrangência em todo o estado.

    “A criação da Casa do Idoso é de extrema necessidade pelo poder público, para manter propostas de esporte, lazer, cuidados médicos, acompanhados por profissionais especializados, que proporcionem durante o dia, atividades para a qualidade de vida na Melhor Idade. A população brasileira está cada vez mais envelhecendo e as famílias precisam de assistência voltada para este público”, declarou o deputado.

    E ainda pontuou um déficit grave existente atualmente no município “é uma vergonha na cidade de Pinheiro não ter nenhum programa municipal voltado para os idosos e muito menos um médico geriatra, especialista para a faixa etária, demonstrando assim um total descaso com boa parte da população”.

    E enfatiza “em breve, mudaremos este quadro, com a Casa do Idoso no município, que com nossos esforços, agora, tem força de Lei”.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!