Logo
  • Mical Damasceno denuncia caso de intolerância religiosa

    Na sessão plenária desta quinta-feira (28), a deputada Mical Damasceno foi à tribuna denunciar um caso de intolerância religiosa que, segundo ela, está ocorrendo no povoado Manoel João, a cerca de 16km  da sede do município de Arari.

    A parlamentar relatou que cristãos protestantes moradores do povoado estão tendo sua liberdade religiosa restringida e que crianças estão sendo obrigadas a colocar em provas da escola que a Igreja Romana é a única e verdadeira, sob ameaça de reprovação aos que não o fizerem.

    A deputada relatou, ainda, um incidente em que o pastor Israel Silvestre, ao tentar celebrar um culto, foi expulso por moradores portando armas brancas.

    Mical Damasceno mostrou-se consternada com a situação e disse que procurará as autoridades responsáveis e o Ministério Público, para que as providências sejam tomadas.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!