Logo
  • MP arquiva processo de compra e venda irregular de imóvel pertencente a prefeitura de Zé Doca

    O Ministério Público e a Procuradoria Geral de Justiça, por meio da Assessoria de Investigação pediu o arquivamento dos autos, no processo movido contra a prefeitura de Zé Doca em possíveis irregularidades na alienação de imóveis pertencente ao patrimônio do município, localizado na BR 316.

    Entenda o caso Uma empresa munida de documentos falsos foi ao cartório de Presidente Juscelino e solicitou a lavratura de escritura pública de compra e venda de terreno, em nome de Basílio Bezerra dos Santos e onde funcionava o Restaurante e Churrascaria BBS Ltda. e Gás BBS Ltda.

    A compra, que teria sido realizada em espécie fora no valor de 480.000.00 (quatrocentos e oitenta mil reais), e o valor este não teria sido repassado a municipalidade.

    A investigação criminal foi feita para a adoção das providencias cabíveis na apuração da responsabilidade de possíveis falsidade documentais, vale lembrar que, ao tomar conhecimento do fato, a prefeita de Zé Doca Josinha Cunha solicitou o imediato cancelamento das escrituras.

    Administração com transparência Não existindo provas sobre o envolvimento do município no ilícito, a administração da prefeita Josinha Cunha mais uma vez prova transparência e seriedade com a coisa pública.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!