Logo
  • Não cumprimento de contrato causa transtornos aos morados do loteamento Zunga Araújo no bairro João Castelo

    Os morados do loteamento do Real (loteamento Zunga Araújo), no bairro João castelo, viram seu sonho se torna em pesadelo, após quase 6 anos do início das vendas, as obras firmadas no contrato assinado entre moradores e vendedor nunca foram entregues. São 300 famílias pinheirenses cansadas de esperar, acumulando imenso transtornos e prejuízos financeiros.

    No referido contrato de venda, consta ruas pavimentadas, sistema de drenagem de aguas fluviais. Tudo isso em contrato registrado no Cartório de Pinheiro, os proprietários compraram terrenos, alguns à vista, outros parcelados e com juros, tudo isso há quase 6 anos.

    Morador não sabem a localização dos terrenos, os mesmos nunca foram demarcados e entregues aos seus donos. Quase 6 anos depois o morador não tem acesso aos seus lotes, pelos simples motivo que algumas ruas não estarem feitas. O sistema de drenagem, que é essencial por ser uma área próxima ao campo, nunca foi sequer começado. Tudo isso tem causado prejuízos financeiros as essas 300 famílias que estão impedidas de construir sua casa própria.

    Soma-se a essa lista de problema o descaso com os compradores, quando procuram os responsáveis pelo loteamento não recebem retorno a contento, tendo em vista essa lista de problemas, cansados de esperar uma solução do dono e vendedor do loteamento, os moradores procuram o blog para fazer a denúncia, outras medidas legais serão tomadas nos próximos dias junto ao Ministério Público, OAB, Câmara Municipal e Prefeitura Municipal de Pinheiro caso o proprietário não entregue todas as obras firmadas no contrato.

    Esperamos que essas 300 famílias obtenha uma reposta do poder público Municipal e Estadual frente a esse escárnio com a população Pinheirense.

    Morados do loteamento do Real (loteamento Zunga Araújo)

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!