Logo
  • Nunca a troca de um Comando atingiu tanto um grupo político, afirma Filuca.

    Depois do choramingo da oposições de Pinheiro, e acusações sofridas pelo ex-comandante do 10º MPB num áudio disseminado nas redes sociais em especial em grupos de whatsapp, o prefeito de Pinheiro Filuca Mendes, se manifestou sobre o caso.
    No início da noite da última quarta-feira (15) o
    Major Brandão se apresentou na Superintendência Estadual de Investigações
    Criminais (Seic), em São Luís, para prestar esclarecimentos. A Seic investiga a
    utilização de automóveis apreendidos pelo quartel para fins particulares.
    O Major foi afastado do comando do 10º BPM e uma
    comissão de três delegados estão à frente das investigações sobre o caso e tem
    prazo de até 30 dias para concluir o inquérito.
    Diante de tal situação, todo o poder está sendo
    delegado ao prefeito Filuca, pelo grupo político que chora a saída de Bradão,  e baseado no áudio divulgado pelo ex-comandante do 10º BPM o prefeito se
    manifestou, veja a baixo.
    “Agora entendo qual o grupo fraco que
    precisa de polícia para ganhar eleição em Pinheiro. Essas fotos mostram a
    verdade. Olha que nesses 25 anos que faço política, Pinheiro já teve mais de
    vinte comandantes de polícia e nunca a troca de um comando atingiu tanto um
    grupo político. Será que as farras e churrascos ladeados de políticos da
    oposição de Pinheiro, não seria uma maneira de tentar garantir uma eleição com
    o apoio da polícia?” Prefeito Filuca Mendes. 

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!