Logo
  • Oposição ao grupo do prefeito Zé Martins cambaleia na corrida pela Prefeitura de Bequimão

    Acampanha eleitoral mal começou e os candidatos e ex-candidatos a prefeito de Bequimão das alas que fazem oposição ao grupo do prefeito Zé Martins já dão provas de que não estão preparados para administrar o município. As constantes manifestações e retiradas de apoio entre si têm deixado os bequimãoenses confusos quanto aos reais objetivos do grupo subdividido, na disputa pela Prefeitura Municipal.

    A falta de unidade dos oposicionistas tem deixado cada vez mais evidente a sede de poder e a rivalidade existente entre eles, que subliminarmente se consideram os “salvadores” do município, mas deixam os próprios correligionários à deriva em um mar de ilusões. Ontem, em mais uma dessas movimentações um tanto quanto esquisitas, César trouxe à tona a falta de habilidade e de planejamento da oposição para lidar com a vida de milhares de bequimãoenses.

    Cantanhede, até então candidato à Prefeitura de Bequimão pelo Republicanos, retirou o seu nome da disputa de novembro para apoiar o candidato Robson Almeida (PL), o que classificou como “ato de grandeza”. A nova “aliança” é resultado de um acordo político costurado na surdina. O fato é que a população já respira aliviada por reconhecer, desde cedo, quem de fato tem compromisso com o município.

    A desistência de César Cantanhede pegou correligionários de surpresa. Nos bastidores, muitos deles ainda estão atônitos com o caminho que o republicano decidiu seguir ao retirar a sua candidatura da disputa pela Prefeitura de Bequimão . Sem disposição para lutar pelo povo bequimãoense, parece que nem mesmo a história política do pai, Leonardo Cantanhede, foi suficiente para encorajar César a continuar defendendo o próprio nome para o Executivo.

    Enquanto isso, João Martins segue fortalecido. O ex-prefeito Antônio Diniz (PDT) prefere evitar uma aliança que não é bem vista aos olhos da população do município de Bequimão. Ele mantém a candidatura do filho, que começa a engatinhar na vida pública. Até o fechamento desta matéria, o ex-candidato César Cantenhede não havia publicado o vídeo da aliança formalizada com Robson Almeida, do PL, em suas redes sociais. Estaria ele receoso em relação à repercussão negativa da desistência?

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!