Logo
  • Othelino denuncia Cemar por aumento abusivo nas contas de energia em Turiaçu

    O
    deputado disse que vai encaminhar um expediente à Cemar para que a companhia
    explique o porquê desse aumento

    O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB)
    denunciou a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) por ter aumentado,
    absurdamente e abusivamente, as contas de luz para diversas famílias de baixa
    renda de Turiaçu que, inclusive, recebem o Bolsa Família. Elas pagavam a conta
    de energia nos valores médios de R$ 15,00, R$ 14,00 R$ 10,00, R$ 20,00, mas a
    empresa esteve no município, mudou os medidores e as mesmas pessoas passaram a
    pagar R$ 140,00, R$ 150,00. 
     

    “Essas famílias têm, no máximo, uma
    televisão e uma geladeira e as contas subiram a esse nível, e o que está
    acontecendo é que as pessoas não têm condições de pagar. Como é que uma
    família, cuja renda é muito reduzida, ainda vai pagar R$ 140, R$ 150,00 de
    conta de energia?”, indagou da tribuna o deputado do PCdoB.
    O parlamentar disse que vai encaminhar um
    expediente à Cemar para que a companhia explique o porquê desse aumento, no
    caso de Turiaçu, se não houve alteração no consumo e nem uma variação
    significativa na quantidade de eletrodomésticos que são utilizados através da
    energia elétrica. “É necessário que a Cemar se posicione e explique para a
    população daquele município porque está impondo essa situação e criando sérias
    dificuldades à população”, afirmou.
    Othelino criticou ainda o péssimo serviço
    prestado pela Cemar em todo o Maranhão. “A Companhia melhora apenas na sua
    capacidade de cobrar e de cortar, mas no que diz respeito aos serviços, ela
    consegue sempre fazer um atendimento ruim e sempre penalizando a população”,
    disse. 
    O deputado disse que a fiação elétrica no
    Maranhão parece ser feita de açúcar, quando chove arrebenta toda. Segundo
    Othelino, a população de Turiaçu está revoltada, reclamando da situação e com
    razão. 

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!