Logo
  • Othelino destaca “Setembro Verde”, mês de prevenção ao câncer de intestino

    O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) destacou, na sessão
    desta segunda-feira (14), o “Setembro Verde”, o mês da prevenção ao câncer de
    intestino. O parlamentar disse que, divulgando esta campanha, todos estão
    ajudando a salvar vidas e a reduzir o sofrimento de muitas pessoas que são
    acometidas por esse tipo de doença por falta de informação e de conhecimento
    sobre as formas de tratamento.
    Segundo o deputado, a expectativa é a de que, nesse mês de
    setembro, milhares de maranhenses e de brasileiros possam ter acesso à
    informação e assim possam ajudar a salvar muitas vidas. Othelino disse que
    trouxe o tema à tribuna por sugestão da médica Rosilma Barreto, que atua no
    Maranhão e pertence à Sociedade Brasileira de Combate ao Câncer de Intestino,
    por conta da importância e da incidência, cada vez maior, da doença em homens e
    mulheres.
    A médica disse ao deputado que o câncer de intestino é o único que
    pode ser evitado. “Como é que se previne? Fazendo o acompanhamento permanente
    e, assim, evitando muitos dissabores, problemas para depois curar, no caso de
    uma infelicidade da incidência da doença”, comentou na tribuna.
    Othelino informou que a médica vai encabeçar, durante todo esse
    mês de setembro, um grande movimento para chamar atenção e conseguir passar a
    informação sobre a importância de prevenir, de evitar o câncer de intestino
    que, como ela disse, muita gente perde a vida por conta da desinformação, de
    não saber da necessidade de fazer os exames que podem impedir, ainda numa fase
    anterior, a formação de tumores malignos.
    A médica Rosilma Barreto repassou ao deputado dados
    impressionantes das estatísticas de crescimento do câncer de intestino, no ano
    de 2015 e, principalmente, nas mulheres. “Então existe uma tendência, de acordo
    com as pesquisas da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, de haver uma
    incidência ainda maior no sexo feminino. E há a previsão de que novos casos,
    entre 2014 e 2015, atinjam 32.600 pessoas, sendo cerca de 15 mil homens e mais
    de 17 mil mulheres”, informou.
    Mudança
    de hábitos alimentares
    Em aparte, o deputado Levi Pontes (SD), que também é médico,
    parabenizou Othelino por trazer à tribuna o tema do “Setembro Verde” de
    prevenção ao câncer de intestino. O parlamentar chamou atenção para a gravidade
    da doença, porque quando a pessoa descobre, por ser uma patologia interna, já
    está em um estágio avançado.
    “A gente sabe que a quase totalidade desses cânceres que existem
    têm cura, desde que descobertos em tempo. Então, a importância e a gravidade
    deste tumor é que, normalmente, nos primeiros anos, as queixas são muito sutis,
    tipo mudança do hábito do intestino, e as pessoas terminam achando que é uma ou
    outra comida. A doença está muito ligada ao tipo de alimentação que o ser
    humano tem”, comentou Levi Pontes.
    O deputado do Solidariedade disse que a medicina já tem
    trabalhos que mostram as comidas pré-fabricadas, tipo enlatadas e com corantes,
    como grandes vilãs. Ele disse que é importante mudar os hábitos alimentares
    para uma alimentação mais à base de fibras, legumes e verduras, somada à atividade
    física.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!