Logo
  • Pequenos produtores rurais são certificados pelo SEBRAE e Senar na Baixada Maranhense

    Programa Negócio Certo Rural
    procura fortalecer a agricultura familiar


    Produtores
    rurais dos municípios de Presidente Sarney, Turilândia, Turiaçu, São Bento,
    Peri-Mirim e Palmeirândia já podem fazer de suas pequenas propriedades a
    principal fonte de renda da família. Eles foram capacitados e certificados pelo
    Programa Negócio Certo Rural (PNCR), desenvolvido através de uma parceria entre
    o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Serviço de Apoio a Micro e
    Pequena Empresa (SEBRAE).
    A entrega dos certificados aconteceu no auditório
    do SEBRAE MA em Pinheiro, reunindo os produtores da Baixada Ocidental Maranhense
    atendidos pelo programa, que promove cursos de gestão da propriedade rural, capacitando
    o produtor rural a gerir sua propriedade – o treinamento é dado a duas pessoas
    por propriedade – somando um total de 80 propriedades beneficiadas pelo
    programa na região em 2012. 
    Antônio Luiz Batista Figueiredo, superintendente do
    Senar, participou da solenidade junto aos gestores e técnicos do SEBRAE MA. Ele
    avaliou os resultados da ação como excelente. “A partir de agora o programa
    deixa o pequenos produtores locais preparados para ser atendido pelo escritório
    do SEBRAE na região”, concluiu. 
    O instrutor do SEBRAE, Waald Hibraim Borges, acredita
    que os certificados simbolizam uma grande mudança na vida dos produtores. “Com esses
    certificados os produtores estão preparados para gerir melhor suas propriedades
    e a identificar seus pontos positivos para melhor desempenho dos investimentos e
    do desenvolvimento das atividades rurais”, analisa o técnico. 
    O programa Negócio Certo Rural tem continuidade garantida para 2013, com
    previsão de atender mais cinco municípios da Baixada – Pedro do Rosário,
    Cajapió, Olinda Nova do Maranhão, Bacurituba e Cururupu.
    Caso de
    Sucesso
    O produtor Valdelino Martins, de 45 anos, foi um
    dos beneficiados pelo PNCR, juntamente com sua família. Há 25 anos ele se
    dedica à agricultura, cultivando uma propriedade de 10 hectares, no município
    de Presidente Sarney, onde investe na produção de farinha de mandioca.
    Ele conseguiu estabelecer uma produção de 3 mil
    quilos de farinha por ano, o que lhe garante uma renda mensal de R$1.500,00 –
    renda com a qual sustenta toda a sua família. 
    Após passar pelo PNCR, ele já planeja ampliar a
    produção de sua propriedade, com a perspectiva concreta de chegar a 5 mil
    quilos de farinha ao fim deste ano. Valdelino acredita que foi um grande passo
    para o próprio desenvolvimento ter conhecido o programa do SEBRAE/Senar.
    “Conhecer o Negócio Certo Rural me deu a oportunidade de crescer”, comemora.
    Toda a produção de Valdelino é comercializada no município
    de Presidente Sarney, mas o produtor já vislumbra possibilidades maiores. “Depois
    de ter participado do programa Negócio Certo Rural, o SEBRAE abriu meus horizontes.
    Eu já vejo que em um curto espaço de tempo posso vender minha produção em
    Pinheiro e até na capital São Luís”, projeta o produtor.    

               

    Vanda
    Pereira
    Unidade
    de Marketing e Comunicação
    Regional
    do SEBRAE em Pinheiro – Ma
    Contatos:
    (98) 8118 0106
    Sebrae
    – Pinheiro-Ma- (98) 3381- 2711

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!