Logo
  • Pinheiro deverá ser beneficiado com uma unidade descentralizada do Hospital Aldenora Belo

    O município de Pinheiro deverá ser beneficiado com uma unidade descentralizada do Hospital Aldenora Belo na cidade de Pinheiro, na Baixada Maranhense. Essa perspectiva deverá se concretizar a partir de parceria proposta pelo deputado Victor Mendes aos dirigentes da Fundação Antônio Dino, iniciada com a destinação de recursos de R$ 400 mil para o Hospital Aldenora Belo, fruto de emenda parlamentar viabilizada por Mendes.

    “Esses recursos são essenciais para a manutenção do hospital. Para se ter uma ideia a grande maioria dos nossos pacientes são provenientes do Sistema Único de Saúde, o SUS, que não tem nenhum reajuste há mais de 10 anos, estando totalmente defasado. Atendemos uma média 30 mil pacientes de todo o Maranhão e de estados como Pará e Amapá. Então, esses recursos são fundamentais para o custeio do Aldenora Belo, que há mais de 42 presta essencial trabalho e atendimento na prevenção e cura do câncer”, relatou o vice-presidente da Fundação Antônio Jorge Dino, Antônio Dino Tavares, que já iniciou com o deputado Victor Mendes as tratativas para a instalação da unidade de Pinheiro.

    A emenda é um compromisso assumido e comprido pelo deputado junto aos gestores da Fundação, que administra o único centro de alta complexidade no tratamento do câncer no Maranhão. “Conhecedor das dificuldades que o Aldenora Belo enfrenta, viabilizamos os recursos para a sua manutenção. O Hospital é a principal referência no tratamento do câncer em nosso Estado, atendendo principalmente pessoas carentes e fonte e luz de esperanças de cura, além do tratamento digno que propicia a milhares de pessoas”, explicou Victor Mendes.

    Em Pinheiro, Victor Mendes anunciou que, além viabilizar recursos para custeio e a construção e/ou adaptações das estruturas físicas da futura unidade, também buscará formas de apoio na cessão de imóvel para eventual funcionamento do hospital até que as instalações definitivas sejam concluídas.

    Para se ter uma ideia da importância da instalação de novas unidades do Aldenora Belo no Maranhão, dados da Fundação Antônio Jorge Dino apontam que são diagnosticados mais de 3.500 casos novos de câncer ao ano somente capital, o que representa mais de 50% do número de casos esperados para o estado.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!