Logo
  • Pinheiro – primeiro dia de Mutirão Previdenciário termina com quase 160 mil em acordos

    Um
    total de R$ 158.457,00 em acordos. Esse foi o resultado do primeiro dia do
    Mutirão Previdenciário realizado pela 1ª vara da Comarca de Pinheiro e que teve
    início nessa segunda-feira (25), quando 53 audiências aconteceram nas duas
    salas reservadas para o fim. Quem informa é o juiz Anderson Sobral de Azevedo,
    titular da unidade e idealizador da iniciativa que se estende até a sexta-feira
    (29).
    Segundo
    o magistrado, para os cinco dias de mutirão foram agendadas 700 audiências,
    além de 200 perícias a ser feitas por peritos (médicos) nomeados pelo Juízo.
    As
    ações, referentes a auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, aposentadoria
    rural, salário maternidade, entre outros, datam dos anos de 2007 a 2013.
    Perícias
    – Agendadas para os três primeiros dias de mutirão, as perícias acontecem em
    duas salas e antecedem as audiências de processos que careciam do procedimento.
    “Logo após a consulta (perícia) acontecem as audiências de conciliação com o
    INSS”, explica o juiz.
    Além
    dos peritos, o mutirão conta ainda com o trabalho de dois procuradores e dois
    servidores disponibilizados pelo INSS após contato do magistrado com a
    Procuradoria Federal do órgão.
    Semana
    da Conciliação – para a próxima  semana, quando acontece a Semana Nacional
    da Conciliação, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça, estão agendadas
    300 audiências.
    “Em
    apenas quinze dias realizarei aproximadamente 1000 audiências de conciliação,
    somando 800 audiências na 1ª vara, onde sou juiz titular, e 200 audiências da
    2ª vara, onde estou respondendo”, ressalta o magistrado.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!