Logo
  • Pinheiro – Projeto que aumenta taxa de Iluminação Pública em até 300% vira queda de braços entre prefeito em empresários que solicitam cópia à Câmara Municipal

    A Classe Empresarial de Pinheiro através da Câmara de Dirigentes Legistas (CDL), na pessoa do Presidente, Wanderley Pinheiro, solicitou ao Presidente da Câmara Municipal de Pinheiro, Elizeu Rodrigues Furtado (PP), uma cópia do Projeto de Lei de Nº 10/2018 de autoria do do Executivo Municipal que trata do reajusta da Iluminação Pública em Pinheiro.

    O Projeto votado na obscuridade aumenta em até 300% a taxa de Iluminação Pública em Pinheiro. Até o momento nem mesmo os vereadores da base do governo tiveram acesso ao Projeto. Votaram apenas a pedido do prefeito.

    Na cidade de Pinheiro a repercussão negativa foi imediata, a população pinheirense, repudiou a posição dos nove vereadores que votaram pela aprovação do projeto de interesse do prefeito, Luciano Genésio, que em recente entrevista também não soube explicar o motivo do aumento exorbitante na taxa de Iluminação Pública da cidade.

    A Classe Empresarial  responsável pela geração de emprego e renda na cidade será a maior prejudicada com o projeto do prefeito de Pinheiro que é chamado de “Pacote de Maldades contra os pinheirenses”.

    Após analise do projeto caso uma cópia seja concedida a classe Empresarial, o prefeito deve enfrentar uma queda de braços com os Empresários da cidade. O projeto será judicializado por vereadores a oposição. Pelo visto o prefeito Luciano meteu os pés pela mãos e compromete sua reeleição.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!