Logo
  • Polícia Civil apresenta dados de redução de 100% de eventos com uso de explosivo em agências bancárias no primeiro quadrimestre de 2021

    Os crimes de furto qualificado e roubo com uso de explosivos no estado do Maranhão caíram a zero nos primeiros quatro meses deste ano. É a maior redução desde o início das ocorrências com explosões em agências bancárias no estado em 2016, concluiu a Polícia Civil do Maranhão.

    Os dados são do Departamento de Combate ao Roubo de Instituições Financeiras(DECRIF), da Superintendência Estadual de Investigações Criminais( SEIC) que tem como base o contínuo aprendizado do modus operandi dos criminosos, consolidado com o passar dos anos e com a evolução das técnicas investigativas, integração de bancos de dados, uso de ferramentas tecnológicas e cooperação entre as polícias judiciárias de todo o país.

    Outro fator que merece destaque é a interação com todos os atores envolvidos: instituições financeiras, com seus respectivos setores de segurança e demais funcionários, empresas de segurança privada e transporte de valores, polícias estaduais e federal, comunicação célere com o Ministério Público e Judiciário.

    Como exemplos do alinhamento de estratégias entre as polícias civil e militar, cita-se a condução de quatro indivíduos pela Polícia Militar no mês de abril. A ocorrência mencionava a suspeita de que os quatro seriam assaltantes de bancos. O grupo foi abordado e conduzido até a SEIC onde, ainda no período noturno confirmou-se, com informações dos estados do Mato Grosso e Piauí os históricos criminais que confirmava tratar-se de grupo especializado em furtos a agências bancárias com uso de furadeiras ou explosivos. Todos foram autuados em flagrante por integrarem organização criminosa.

    Em 2021, várias prisões já foram realizadas no estado do Maranhão e estados vizinhos, assim como diversas colaborações no compartilhamento de dados de inteligência foram feitas auxiliando na identificação e prisão de quadrilhas que atuam em todo o país.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!