Logo
  • Prefeito Zezildo decreta Estado de Emergência no município de Santa Helena

    As constantes e fortes chuvas que têm caído no Estado, em especial na Baixada Maranhense,  provocaram elevado aumento do nível das águas do Rio Turi, que banha vários municípios maranhenses, dentre os quais Santa Helena. Assim, bairros da sede e comunidades da zona rural do município estão sofrendo com os inevitáveis alagamentos.

    Diante da situação, o prefeito Zezildo Almeida pediu auxílio à Defesa Civil Estadual e em seguida, decretou no último dia 28 de março, Estado de Emergência em Santa Helena e ao mesmo tempo, está promovendo uma força-tarefa no sentido de retirar as famílias atingidas pela cheia do Rio Turi. A operação contempla também abrigos para alojar as centenas pessoas e o remanejamento de seus pertences para locais seguros. Ginásios esportivos, escolas, igrejas e casas de parentes estão servindo de abrigos para as vítimas.

    A situação emergencial de Santa Helena foi decretada e agora, o prefeito está buscando apoio necessário junto ao Governo do Estado, através dos órgãos específicos para esse fim. Também estão sendo conclamados para participar desta força-tarefa membros representantes do povo que integram a  Assembleia Legislativa e do Congresso Nacional, especialmente os que lograram êxito no último pleito eleitoral  no município de Santa Helena.

    O prefeito Zezildo Almeida disse que o Município sozinho não tem suporte para equacionar este grande problema social e por isso, está pedindo audiências com o governador Flávio Dino e com o presidente da Assembleia Legislativa Othelino Neto. O senador Weverton Rocha também já foi informado da grave situação que ora passa boa parte da população de Santa Helena por conta das enchentes do Rio Turi que atingiram o município.

    No primeiro momento, os desalojados ou desabrigados estão precisando de colchonetes, lençóis, cestas básicas, água potável, roupas e materiais de higiene e limpeza pessoal.  O serviço de meteorologia prevê chuvas mais intensas para a região durante o mês abril.

    Do Hora Extra

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!