Logo
  • Prefeitura de Bequimão montou estratégia especial para a tradicional entrega de peixes a famílias carentes do município

    A tradicional entrega de peixes ocorreu de forma organizada, segura e tranquila, nesta Quinta-Feira Santa (09), em Bequimão. Esta é oitava vez consecutiva que as famílias carentes do município são beneficiadas pela ação “Peixe para Todos”, uma iniciativa da Prefeitura Municipal para garantir que o alimento chegue à mesa de quem mais precisa. Neste ano, pelas recomendações de prevenção contra o coronavírus, foi montada uma estratégia especial de proteção a quem trabalhou e às pessoas que foram receber o pescado.

    Segundo o prefeito Zé Martins, a decisão de manter a distribuição do pescado em meio à pandemia partiu da necessidade de minimizar os efeitos da crise sanitária. Mesmo não tendo casos confirmados da Covid-19, o município já precisou suspender serviços não essenciais, como forma de evitar a circulação do vírus causador da doença.

    “A pandemia afetou substancialmente a renda de vários trabalhadores e, consequentemente, o sustento de suas famílias. Garantir a distribuição do pescado reacende em nós o espírito da solidariedade e alimenta a nossa esperança de dias melhores, mesmo vivendo tempos tão difíceis”, ressaltou Zé Martins.

    Para a distribuição dos peixes, foram mobilizados esforços de todos os setores da administração pública, bem como dos efetivos da Guarda Municipal e Polícia Militar. Um dia antes, a Prefeitura de Bequimão emitiu comunicados, nas redes sociais e por carro de som, com orientações à população de como proceder nos locais de recebimento do pescado.

    Além da descentralização dos pontos de entrega, a edição atípica da ação contou com a distribuição de máscaras de proteção e álcool em gel 70%, para higiene das mãos. O distanciamento físico nas filas foi seguido rigorosamente. Os peixes foram embalados previamente, o que também ajudou a diminuir o tempo de permanência nos locais.

    Deu certo o trabalho coletivo e bem planejado, como se observou no Mercado do Peixe, no Ginásio Poliesportivo e também nas escolas Benedito Gusmão Moraes, Domingos Bouéres e Pedro Silva. As estratégias foram traçadas com base nas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e afastaram consideravelmente os riscos de exposição ao coronavírus.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!