Logo
  • Prefeitura de Palmeirândia abandona construção de escolas

    Uma obra de escola paralisada no município de
    Palmeirândia foi denunciada ao Blog. De acordo com a denúncia, a obra em
    questão começou e logo em seguida foi paralisada sem qualquer satisfação ao
    povo.
    A Prefeitura, que é comandada por Nilson Leal Garcia Filho, celebrou
    contrato com a empresa Lumiar Contabilidade e Incorporações Ltda para
    construção de duas Unidades Escolares, com quatro salas de aula e demais
    dependências nos Povoados Vila Nova e Bacabal no município.
    A resenha do contrato, assinado em 25 de março de 2014, tem vigência de
    sete meses. Ambas as escolas teriam que ser entregues em outubro do ano
    passado, mas já se passaram mais de um ano desde a assinatura e o que vemos no
    povoado Vila Nova são os que mostram as fotos abaixo.

    Foram exatos R$ 1.882.183,68 (hum milhão, oitocentos e oitenta e dois
    mil, cento e oitenta e três reais e sessenta e oito centavos) destinados à
    construção das escolas e até agora nada.

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!